Fa­chin ne­ga pe­di­do de Te­mer pa­ra afas­tar Ja­not

Agora - - Brasil - (FSP)

O mi­nis­tro Ed­son Fa­chin, re­la­tor da La­va Ja­to no STF (Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral), ne­gou pe­di­do da de­fe­sa do pre­si­den­te Mi­chel Te­mer pa­ra im­pe­dir o pro­cu­ra­dor-ge­ral Ro­dri­go Ja­not de atu­ar em ca­sos en­vol­ven­do o pre­si­den­te. Pa­ra o ma­gis­tra­do, não há ar­gu­men­tos que jus­ti­fi­quem o pe­di­do.

Se­gun­do ele, “as ale­ga­ções ex­te­ri­o­ri­za­das pe­la de­fe­sa não per­mi­tem a con­clu­são da exis­tên­cia de re­la­ção de ini­mi­za­de ca­pi­tal en­tre o pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca e o pro­cu­ra­dor-ge­ral da Re­pú­bli­ca, tam­pou­co que o che­fe do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co da União te­nha acon­se­lha­do qual­quer das par­tes”.

Pa­ra a de­fe­sa do pre­si­den­te, a atu­a­ção de Ja­not em ca­sos en­vol­ven­do Te­mer ex­tra­po­la “em mui­to os seus li­mi­tes cons­ti­tu­ci­o­nais e le­gais ine­ren­tes ao car­go que ocu­pa”, e fal­ta im­par­ci­a­li­da­de ao pro­cu­ra­dor-ge­ral. De acor­do com os ad­vo­ga­dos, “o al­vo” de Ja­not “é a pes­soa do pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca, não im­por­tam os fa­tos”.

Fa­chin tam­bém con­si­de­rou im­pro­ce­den­te ar­gu­men­to de que o ex-pro­cu­ra­dor Mar­ce­lo Mil­ler te­nha atu­a­do, co­mo ad­vo­ga­do da JBS, pa­ra ori­en­tar a delação. A de­fe­sa des­ta­ca que ele não cum­priu qua­ren­te­na. “Não al­can­ça, por con­sequên­cia, o pro­cu­ra­dor-ge­ral”, es­cre­veu.

O mi­nis­tro do Su­pre­mo Ed­son Fa­chin, que dis­se não ha­ver ar­gu­men­tos que jus­ti­fi­quem o pe­di­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.