BILL HA­LEY & HIS CO­METS

ALMANAQUE DO ROCK - EDIÇÃO DE COLECIONADOR - - Primeira Era -

William John Clif­ton Ha­ley nas­ceu em 1925, co­me­çou a to­car vi­o­lão aos 13 anos e aos 18 gra­vou seu pri­mei­ro dis­co, um com­pac­to com a can­ção Candy Kis­ses. Era coun­try pu­ro, es­ti­lo ao qual se de­di­ca­ria até pe­lo me­nos 1952, quan­do ti­nha uma ban­da cha­ma­da The Sad­dle­men e re­sol­ve­ram mu­dar o no­me pa­ra Bill Ha­ley & His Co­mets, bem co­mo ado­tar um es­ti­lo di­fe­ren­te, o rock'n'roll, que co­me­ça­va a ga­nhar vul­to. Em 1953, o no­vo gru­po lan­çou o com­pac­to Crazy Man, Crazy, con­si­de­ra­do o pri­mei­ro a sur­gir nas pa­ra­das com a de­no­mi­na­ção rock'n'roll. Em 1954, Ha­ley se con­sa­grou com o hit Sha­ke Rat­tle and Roll, um an­ti­go clássico da música ne­gra to­tal­men­te re­pa­gi­na­do: sua le­tra foi ame­ni­za­da (fi­cou me­nos sa­ca­na) e o rit­mo ace­le­ra­do, sur­pre­en­den­do o pú­bli­co. Sem dú­vi­da, seu mai­or su­ces­so foi Rock Around the Clock, com o qual atin­giu o au­ge da car­rei­ra, po­rém, foi tam­bém seu úl­ti­mo gran­de mo­men­to de ins­pi­ra­ção, daí por di­an­te pas­sou a re­pe­tir a fór­mu­la. Já no iní­cio dos anos 60 era co­nhe­ci­do co­mo “um se­nhor que to­ca­va música de jo­vens”. Pas­sou, en­tão, a se apre­sen­tar pa­ra pú­bli­cos me­no­res e mais velhos, ex­cur­si­o­nan­do por mais de 20 anos com as mes­mas can­ções. Mor­reu ví­ti­ma de um ataque car­día­co em 1981, aos 55 anos.

Ál­buns es­sen­ci­ais:

• Rock with Bill Ha­ley and the Co­mets (1954)

• Sha­ke, Rat­tle and Roll (1955)

• Rock `n' Roll Sta­ge Show (1956)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.