ME­GA­DETH

ALMANAQUE DO ROCK - EDIÇÃO DE COLECIONADOR - - Quinta Era -

Nun­ca um pé na bun­da fez tão bem a al­guém co­mo a Dave Mus­tai­ne. Em 1982, ele en­trou no Me­tal­li­ca, mas, no ano se­guin­te, foi de­mi­ti­do an­tes mes­mo do lan­ça­men­to de Kill `Em All. Mus­tai­ne po­de­ria es­tar ba­ten­do a ca­be­ça na pa­re­de de rai­va até ho­je, mas, ao in­vés dis­so, lo­go a se­guir, fun­dou o Me­ga­deth. Ao la­do de Da­vid El­lef­son, Ker­ry King (que deu um tem­po das gui­tar­ras do Slayer pa­ra ex­cur­si­o­nar com o Me­ga­deth) e Lee Raus­ch, os pla­nos de Mus­tai­ne co­me­ça­ram a to­mar for­ma. Lo­go no dis­co de es­treia, Kil­ling is my Bu­si­ness... and Bu­si­ness is Go­od, mos­tra que es­ta­va à al­tu­ra do pró­prio Me­tal­li­ca, em­bo­ra sem o mes­mo su­ces­so. Mes­mo com os in­te­gran­tes da ban­da se re­ve­zan­do e os (mui­tos) pro­ble­mas de Dave com as dro­gas, na­da pa­re­cia ser ca­paz de im­pe­dir que a ban­da se con­so­li­das­se. E ál­bum após ál­bum o Me­ga­deth aca­bou se tor­nan­do um ver­da­dei­ro mons­tro do me­tal. Mas em 2002 Mus­tai­ne foi di­ag­nos­ti­ca­do com um pro­ble­ma na co­lu­na ver­te­bral que o im­pe­diu de to­car por um tem­po. Te­ve de pas­sar por uma ci­rur­gia, con­se­guiu vol­tar á ati­va, mas ad­mi­te que o pro­ble­ma o pre­ju­di­cou. Em 2004, o ro­quei­ro afir­mou ter se con­ver­ti­do ao cris­ti­a­nis­mo, mas não aban­do­nou o ba­ru­lho., lan­çan­do di­ver­sos ou­tros ál­buns

Ál­buns es­sen­ci­ais

• Kil­ling is my Bu­si­ness... and Bu­si­ness is Go­od (1985)

• Pe­a­ce Sells… But Who's Buying? (1986) • Rust in Pe­a­ce (1990)

• Youtha­na­sia (1994)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.