MC5

ALMANAQUE DO ROCK - EDIÇÃO DE COLECIONADOR - - Segunda Era -

A si­gla re­fe­re-se ao Mo­tor City 5 ou o quin­te­to de De­troit (a “Mo­tor City”). O MC5 foi for­ma­do em 1966 e bas­ta­ram três ál­buns lan­ça­dos em sua pri­mei­ra e me­lhor fa­se pa­ra que in­cen­di­as­se o rock and roll e lan­ças­se al­gu­mas das pe­dras fun­da­men­tais do que vi­ria a ser o punk rock. Além das per­for­man­ces in­sa­nas, eles co­lo­ca­ram uma boa do­se de po­lí­ti­ca nas letras. O men­tor in­te­lec­tu­al e em­pre­sá­rio do gru­po era o po­e­ta e ati­vis­ta po­lí­ti­co John Sin­clair, ra­di­cal de es­quer­da e sim­pa­ti­zan­te do Par­ti­do dos Pan­te­ras Ne­gras (fac­ção po­lí­ti­ca que lu­ta­va pe­los di­rei­tos da po­pu­la­ção afro­des­cen­den­te nos EUA), que che­gou a fun­dar o par­ti­do dos “Whi­te Panthers” com a in­ten­ção de unir os bran­cos ao mo­vi­men­to. O fa­to é que Sin­clair era tam­bém um DJ e pro­du­tor mu­si­cal e usou o MC5 co­mo ar­ma pa­ra dar seu re­ca­do. E que ar­ma! Os shows do MC5 eram de­co­ra­dos por ban­dei­ras ame­ri­ca­nas e dis­cur­sos com to­da a re­tó­ri­ca po­lí­ti­ca dos Whi­te Panthers en­tre as mú­si­cas, cla­man­do por re­vo­lu­ção. E, não ra­ra­men­te, mui­ta con­fu­são com a po­lí­cia. Is­so tu­do em 1967. O pri­mei­ro LP, Kick Out The Jams, gra­va­do ao vivo, é um dos ál­buns mais enér­gi­cos da his­tó­ria do rock. Pau­lei­ra pu­ra do co­me­ço ao fim. Pa­re­ce que a ban­da e o som que­rem pu­lar dos al­to-fa­lan­tes di­re­to pa­ra as ru­as e ini­ci­ar uma pas­se­a­ta. Mas o con­ser­va­dor go­ver­no nor­te-ame­ri­ca­no não ia acei­tar aqui­lo sem re­a­ção e ar­mou pa­ra Sin­clair, que aca­bou con­de­na­do a 10 anos de pri­são por posse de ma­co­nha, após um fla­gran­te for­ja­do. A sen­ten­ça ab­sur­da tor­nou­se al­vo de pro­tes­tos in­clu­si­ve de John Len­non, que che­gou a or­ga­ni­zar um con­cer­to be­ne­fi­cen­te pe­la liberação do ati­vis­ta e mais tar­de a gra­var uma can­ção em sua homenagem. Com Sin­clair fo­ra de ação, o MC5 mu­dou um pou­co a di­re­ção, con­ti­nu­ou fa­zen­do um som pe­sa­do, mas com um tom po­lí­ti­co mais ame­no. Após dois ál­buns, Back In The USA e High Ti­mes, se dis­sol­veu em 1972. O vo­ca­lis­ta Rob Ty­ner fa­le­ceu em 1991, o gui­tar­ris­ta Fred “So­nic” Smith (en­tão ma­ri­do de Pat­ti Smith) em 1995 e o bai­xis­ta Mi­cha­el Da­vis, em fe­ve­rei­ro de 2012. Com is­so, res­tou ape­nas o gui­tar­ris­ta Way­ne Kra­mer, que des­de 2003 man­tém o MC5 em tur­nês.

Ál­buns es­sen­ci­ais

• Kick Out The Jams (1969)

• Back In The USA (1970)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.