Cin­co cri­mi­no­sos da Blitz

BBC History Brasil - - 2ª guerra mundial -

Ma­tan­ça

No ve­rão de 1940, John Full­ja­mes, um es­tu­dan­te da Uni­ver­sity Col­le­ge Ox­ford, ati­rou com um ri­fle em co­le­gas es­tu­dan­tes. Jul­ga­do por as­sas­si­na­to, Full­ja­mes foi des­cri­to ao jú­ri co­mo ten­do uma “men­te di­vi­di­da” no es­ti­lo de Dr. Jekyll. Ele foi in­ter­na­do no Hos­pi­tal Bro­ad­mo­or, on­de as au­to­ri­da­des re­jei­ta­ram o ve­re­dic­to de in­sa­ni­da­de da­do pe­lo tri­bu­nal.

Fu­tu­ro gângs­ter

Ja­mes Har­vey, de 17 anos, foi rou­ba­do e mor­to por uma gan­gue de jo­vens em Elephant and Cas­tle – uma área con­si­de­ra­da im­pró­pria de­vi­do aos apa­gões e à au­sên­cia de po­lí­cia. O lí­der da qua­dri­lha, Jimmy Es­sex, de 21 anos, foi ini­ci­al­men­te acu­sa­do de as­sas­si­na­to. Mas, no fim, aca­bou con­de­na­do a ape­nas três anos de pri­são por ho­mi­cí­dio cul­po­so, le­van­do a pro­tes­tos de mo­ra­do­res fu­ri­o­sos. Es­sex se tor­nou um gângs­ter notório em Lon­dres.

Trau­ma pós-guer­ra

Em se­tem­bro de 1940, Percy Clark foi acu­sa­do de ten­tar as­sas­si­nar sua es­po­sa Ire­ne em um abri­go an­ti­aé­reo. Ale­gan­do que as bom­bas o ti­nham en­lou­que­ci­do, ele ad­mi­tiu ter so­ca­do a po­bre mu­lher re­pe­ti­da­men­te na ca­be­ça na fren­te de seus fi­lhos. En­quan­to Ire­ne se re­cu­pe­ra­va, a ala em que es­ta­va no hos­pi­tal foi atin­gi­da por uma bom­ba e ela mor­reu. Percy re­ce­beu per­mis­são pa­ra ser li­be­ra­do da cus­tó­dia pa­ra par­ti­ci­par de seu fu­ne­ral.

Con­de­na­dos co­var­des

Dois ir­mãos, Bri­an e Pa­trick Wil­li­ams, eram mem­bros ati­vos das for­ças ar­ma­das e en­tra­ram em uma de­le­ga­cia de po­lí­cia pa­ra ad­mi­tir um rou­bo que ha­vi­am co­me­ti­do an­tes da guer­ra. Eles acha­ram que as con­de­na­ções iri­am as­se­gu­rar a sua li­be­ra­ção do exér­ci­to e da ma­ri­nha, res­pec­ti­va­men­te. Bri­an foi bem-su­ce­di­do: ele foi con­de­na­do, en­vi­a­do ao re­for­ma­tó­rio por três me­ses e li­be­ra­do. No en­tan­to, Pa­trick ape­nas cum­priu a sen­ten­ça e vol­tou pa­ra a Ma­ri­nha Re­al.

Fin­gin­do ser um pi­lo­to

D’Arcy Wil­son, um bar­man de 29 anos em Thorn­ton He­ath, foi con­de­na­do a dois me­ses de tra­ba­lhos for­ça­dos por se pas­sar por um ofi­ci­al da For­ça Aé­rea Re­al. Após aban­do­nar es­po­sa e fi­lhos, Wil­son co­me­çou a usar o uni­for­me de ofi­ci­al “pa­ra im­pres­si­o­nar as mu­lhe­res”. Ele foi pre­so de­pois de dar uma “sau­da­ção des­lei­xa­da” a um te­nen­te de voo. Na épo­ca, es­ta­va pres­tes a se ca­sar em bi­ga­mia com uma me­ni­na de 18 anos, que acre­di­ta­va que ele era um pi­lo­to de tes­tes.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.