Ca­mi­nhos tor­tu­o­sos

BBC History Brasil - - Estados unidos -

Um re­la­tó­rio ofi­ci­al do pós-guer­ra con­cluiu que “a CIA po­de atri­buir sua exis­tên­cia ao ata­que sur­pre­sa a Pe­arl Har­bor”. Ape­sar de cor­re­ta, a afir­ma­ção não faz jus­ti­ça ao tor­tu­o­so pro­ces­so que trans­for­mou os ca­va­lhei­ros ame­ri­ca­nos em vi­o­la­do­res da cor­res­pon­dên­cia alheia ou aos acrés­ci­mos à mis­são da CIA que a le­va­ram a ir mui­to além des­se com­por­ta­men­to. Tu­do co­me­çou em 1942 quan­do Ro­o­se­velt cri­ou o Es­cri­tó­rio de Ser­vi­ços Es­tra­té­gi­cos (OSS, na abre­vi­a­ção em in­glês) em con­jun­to com o Mi­nis­té­rio da Guer­ra. Li­de­ra­do por Wil­li­am “Wild Bill” Do­no­van, o OSS re­cru­tou al­guns dos me­lho­res e mais no­tá­veis es­piões do país, in­cluin­do qua­tro fu­tu­ros di­re­to­res da CIA.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.