Ma­du­ro ten­ta ali­vi­ar ten­são e anun­cia elei­ções lo­cais

Brasil em Folhas - - Mundo -

Opre­si­den­te da Ve­ne­zu­e­la, Ni­co­lás Ma­du­ro, anun­ci­ou na noi­te de do­min­go que, no fim de 2017, se­rão re­a­li­za­das as elei­ções lo­cais e re­gi­o­nais que de­ve­ri­am ter ocor­ri­do no ano pas­sa­do. “Que­ro elei­ções já!”, de­cla­rou o man­da­tá­rio du­ran­te seu pro­gra­ma se­ma­nal na te­le­vi­são pú­bli­ca. “Di­go is­so co­mo pre­si­den­te e co­mo che­fe de Go­ver­no”, fri­sou. O anún­cio ocor­re de­pois de qua­se um mês de pro­tes­tos vi­o­len­tos con­vo­ca­dos pe­la opo­si­ção, nos quais 21 pes­so­as mor­re­ram.

O Go­ver­no e a opo­si­ção tro­cam mú­tu­as acu­sa­ções pe­los in­ci­den­tes e, lon­ge de ter­mi­nar, o con­fli­to com os ma­ni­fes­tan­tes ten­de a crescer. A opo­si­ção vol­tou a con­vo­car con­cen­tra­ções pa­ra pe­dir que os ve­ne­zu­e­la­nos pos­sam vo­tar no­va­men­te pa­ra pre­si­den­te, em elei­ções as quais Ma­du­ro con­ti­nua sem in­ten­ção de abrir ca­mi­nho e que es­tão pro­gra­ma­das pa­ra 2018.

A ví­ti­ma mais re­cen­te dos con­fli­tos é uma mu­lher de 47 anos, que foi atin­gi­da na ca­be­ça por uma gar­ra­fa de água con­ge­la­da en­quan­to vol­ta­va de uma ma­ni­fes­ta­ção em apoio ao pre­si­den­te Ma­du­ro na quar­ta-fei­ra. “In­fe­liz­men­te, a ci­da­dã Al­me­li­na Car­ril­lo Vir­guez fa­le­ceu, ou­tra ví­ti­ma da di­rei­ta ter­ro­ris­ta, cheia de ódio”, es­cre­veu em sua con­ta no Twit­ter o mi­nis­tro do In­te­ri­or, Nés­tor Re­ve­rol, des­ta­can­do que o Go­ver­no não irá pa­rar até “cap­tu­rar os res­pon­sá­veis” do “des­pre­zí­vel cri­me”. Além das mor­tes, os pro­tes­tos le­va­ram à pri­são de cen­te­nas de pes­so­as, cau­sa­ram fe­ri­dos e vá­ri­os es­ta­be­le­ci­men­tos fo­ram sa­que­a­dos.

Ma­du­ro, que ga­nhou as elei­ções por uma mar­gem es­trei­ta em 2013, de­cla­rou-se pron­to “pa­ra o que o po­der elei­to­ral dis­ser”. Nas elei­ções de 2015, as for­ças da opo­si­ção, reu­ni­das na Me­sa da Uni­da­de De­mo­crá­ti­ca (MUD), con­quis­ta­ram a mai­o­ria na As­sem­bleia Na­ci­o­nal pe­la pri­mei­ra vez des­de 1999. Os re­cen­tes pro­tes­tos sur­gi­ram de­pois que o Su­pre­mo Tri­bu­nal ten­tou as­su­mir os po­de­res da As­sem­bleia. Os con­fli­tos qua­se diá­ri­os ocor­ri­dos na ca­pi­tal Ca­ra­cas e em ou­tros lo­cais atin­gi­ram o au­ge na quin­ta-fei­ra, quan­do os con­fron­tos en­tre a opo­si­ção e a po­lí­cia no mu­ni­cí- pio de El Val­le dei­xa­ram 11 mor­tos —al­guns de­les ele­tro­cu­ta­dos. Em seu pro­gra­ma de do­min­go, Ma­du­ro vol­tou a des­ta­car que o Go­ver­no tem pro­vas que su­pos­ta­men­te en­vol­ve­ri­am os de­pu­ta­dos da opo­si­ção Jo­sé Guer­ra e To­más Gu­a­ni­pa no ocor­ri­do.

Ape­sar das ame­a­ças — Ma­du­ro tem in­sis­ti­do que da­rá “pas­sos fir­mes” pa­ra “res­tau­rar a paz” e ame­a­çou de­pu­ta­dos da opo­si­ção de co­lo­cá-los na ca­deia —, no do­min­go o pre­si­den­te vol­tou a con­vi­dar a opo­si­ção pa­ra re­to­mar um pro­ces­so de diá­lo­go, pa­ra­li­sa­do des­de o ano pas­sa­do. A opo­si­ção, no en­tan­to, con­ti­nua a de­fen­der que apro­vei­ta­rá o im­pul­so das ru­as pa­ra exi­gir elei­ções e res­pei­to à au­to­no­mia do Par­la­men­to, bem co­mo a li­ber­ta­ção de pre­sos po­lí­ti­cos.

Li­li­an Tin­to­ri, es­po­sa do opo­si­tor Le­o­pol­do Ló­pez, con­de­na­do em 2015 a 13 anos de pri­são em um jul­ga­men­to ir­re­gu­lar, ini­ci­ou nes­ta se­gun­da-fei­ra uma vi­gí­lia em fren­te à pe­ni­ten­ciá­ria on­de o ma­ri­do es­tá pre­so pa­ra pres­si­o­nar as au­to­ri­da­des e re­ce­ber per­mis­são de vê-lo de­pois de um mês “iso­la­do”. Os ma­ni­fes­tan­tes anun­ci­a­ram um blo­queio das prin­ci­pais es­tra­das do país, in­cluin­do a ro­do­via da ca­pi­tal.

REU­TERS

Ni­co­lás Ma­du­ro du­ran­te o pro­gra­ma se­ma­nal ‘Os Do­min­gos com Ma­du­ro’, em Ca­ra­cas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.