NO­VO BLO­QUEIO Da JUS­TI­ÇA atin­ge r$ 9 MI­LHÕES em apo­sen­ta­do­ria De LU­LA

Brasil em Folhas - - Primeira Página -

Um no­vo blo­queio da Jus­ti­ça nes­ta quin­ta-fei­ra (20) se­ques­trou R$ 9 mi­lhões em pla­nos de apo­sen­ta­do­ria pri­va­da do ex-pre­si­den­te Lu­la, após de­ter­mi­na­ção do juiz Ser­gio Mo­ro.

Um no­vo blo­queio da Jus­ti­ça nes­ta quin­ta-fei­ra (20) se­ques­trou R$ 9 mi­lhões em pla­nos de apo­sen­ta­do­ria pri­va­da do ex-pre­si­den­te Lu­la, após de­ter­mi­na­ção do juiz Ser­gio Mo­ro.

A de­ci­são aten­de a uma so­li­ci­ta­ção do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral, que pe­diu o se­ques­tro dos bens do ex- pre­si­den­te pa­ra a re­cu­pe­ra­ção do pro­du­to do cri­me de cor­rup­ção no ca­so do trí­plex do Gu­a­ru­já ( SP), pe­lo qual o pe­tis­ta foi con­de­na­do na se­ma­na pas­sa­da.

Até quar­ta-fei­ra (19), R$ 606 mil em con­tas ban­cá­ri­as de Lu­la, além de qua­tro imó­veis e dois car­ros, ha­vi­am si­do blo­que­a­dos pe­la Jus­ti­ça.

Nes­ta quin­ta, a Bra­silP­rev in­for­mou que blo­que­ou o sal­do de du­as apli­ca­ções em pre­vi­dên­cia pri­va­da. Uma de­las es­tá em no­me da em­pre­sa de pa­les­tras de Lu­la, a LILS, com sal­do de R$ 7,19 mi­lhões; ou­tra, in­di­vi­du­al, tem sal­do de R$ 1,8 mi­lhão.

O sal­do to­tal das apli­ca­ções é de R$ 9,039 mi­lhões –pró­xi­mo ao blo­queio to­tal em ati­vos fi­nan­cei­ros or­de­na­do por Mo­ro, de R$ 10 mi­lhões.

Ca­so o va­lor to­tal da cons­tri­ção se­ja ul­tra­pas­sa­do, a de­fe­sa de Lu­la po­de pe­dir o des­blo­queio de par­te dos ati­vos, a ser au­to­ri­za­do pe­lo juiz.

trâ­mi­te - A de­ci­são não sig­ni­fi­ca a per­da ime­di­a­ta dos bens e va­lo­res em no­me do ex-pre­si­den­te.

Os car­ros e imó­veis só se­rão lei­lo­a­dos quan­do a sen­ten­ça tran­si­tar em jul­ga­do, ca­so con­fir­ma­da a con­de­na­ção, e o di­nhei­ro, trans­fe­ri­do à União e à ví­ti­ma –nes­se ca­so, a Pe­tro­bras.

Já os va­lo­res em con­tas ban­cá­ri­as e apli­ca­ções fi­nan­cei­ras fo­ram blo­que­a­dos e se­rão trans­fe­ri­dos a uma con­ta ju­di­ci­al quan­do as­sim de­ter­mi­na­do, pa­ra de­pois se­rem re­pas­sa­dos à es­ta­tal, tam­bém ape­nas em ca­so de con­de­na­ção de- fi­ni­ti­va. Se o ex-pre­si­den­te for ab­sol­vi­do nas pró­xi­mas ins­tân­ci­as, os bens se­rão li­be­ra­dos e os va­lo­res, de­vol­vi­dos a ele.

OU­TRO LA­DO - Os ad­vo­ga­dos de Lu­la, Cris­ti­a­no Za­nin Mar­tins e Va­les­ka Mar­tins, en­tra­ram com um man­da­do de se­gu­ran­ça no TRF (Tri­bu­nal Re­gi­o­nal Fe­de­ral) nes­ta quin­ta (20) ques­ti­o­nan­do o blo­queio.

Eles afir­mam na pe­ti­ção que o pe­di­do é ile­gí­ti­mo, que os bens blo­que­a­dos têm ori­gem lí­ci­ta e que a Pe­tro­bras não se en­qua­dra nas hi­pó­te­ses le­gais pa­ra re­ce­ber os va­lo­res da in­de­ni­za­ção.

A me­di­da, na opi­nião dos de­fen­so­res, foi uma “ar­bi­tra­ri­e­da­de” e ba­se­a­da em “me­ra co­gi­ta­ção”, pre­ju­di­can­do a sub­sis­tên­cia de Lu­la e de sua fa­mí­lia.

De acor­do com a de­fe­sa, o blo­queio só se­ria jus­ti­fi­cá­vel se hou­ves­se ven­da ou trans­fe­rên­cia re­cen­te de bens pe­lo ex­pre­si­den­te, ca­rac­te­ri­zan­do a di­la­pi­da­ção do pa­trimô­nio –o que, se­gun­do eles, não ocor­reu. Eles pe­dem a anu­la­ção da de­ci­são.

O PT tam­bém se ma- ni­fes­tou a fa­vor de Lu­la e acu­sou Mo­ro de im­por “uma pe­na de as­fi­xia econô­mi­ca” e uma “re­ta­li­a­ção” ao ex-pre­si­den­te.

“O pa­trimô­nio e os bens de Lu­la são aque­les atin­gi­dos pe­lo blo­queio, com­pa­tí­veis com o de uma pes­soa de 71 anos que tra­ba­lha ho­nes­ta­men­te des­de cri­an­ça”, in­for­mou a no­ta ofi­ci­al do par­ti­do, nes­ta quar­ta (19).

A de­fe­sa do pe­tis­ta ain­da re­cla­ma que não te­ve aces­so ao pe­di­do, fei­to ain­da em ou­tu­bro do ano pas­sa­do e man­ti­do em si­gi­lo até ago­ra.

PT

PT

Lu­la fa­la so­bre a sua con­de­na­ção na La­va Ja­to na se­de do Par­ti­do dos Tra­ba­lha­do­res, em São Pau­lo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.