Pre­fei­ta pa­gou ma­ta­dor de jor­na­lis­ta, diz po­lí­cia

Brasil em Folhas - - Primeira Página -

as in­ves­ti­ga­ções da po­lí­cia Ci­vil so­bre a mor­te do jor­na­lis­ta Mau­rí­cio Cam­pos ro­sa in­di­cam que a pre­fei­ta de San­ta lu­zia (re­gião me­tro­po­li­ta­na de Be­lo ho­ri­zon­te), ro­se­li fer­rei­ra pi­men­tel (PSB), des­vi­ou r$ 20 mil dos co­fres pú­bli­cos pa­ra pa­gar o as­sas­si­no.

a po­lí­cia di­vul­gou nes­ta se­gun­da-fei­ra (11) que a pre­fei­ta fez uma ma­no­bra con­tá­bil pa­ra des­vi­ar o di­nhei­ro e fi­nan­ci­ar o cri­me. Se­gun­do a po­lí­cia Ci­vil, ro­se­li te­ria re­ti­ra­do o va­lor da Se­cre­ta­ria da Saú­de, mas com no­ta de com­pras de ma­mão da Se­cre­ta­ria da edu­ca­ção.

Com is­so, a pre­fei­ta foi in­di­ci­a­da tam­bém pe­lo cri­me de pe­cu­la­to de­vi­do ao uso de di­nhei­ro pú­bli­co e de­sa­pa­re­ci­men­to dos per­ten­ces que es­ta­vam com a ví­ti­ma no dia que foi as­sas­si­na­da.

ro­se­li es­tá de­ti­da pre­ven­ti­va­men­te des­de a úl­ti­ma quin­ta (7) sus­pei­ta de par­ti­ci­pa­ção na mor­te do jor­na­lis­ta, por or­dem do Tri­bu­nal de Jus­ti­ça de Mi­nas Ge­rais. a pri­são foi de­ter­mi­na­da após um pa­re­cer fa­vo­rá­vel da pro­cu­ra­do­ria de Jus­ti­ça do es­ta­do, res­pon­sá­vel por in­ves­ti­gar agen­tes com foro privilegiado. além da pre­fei­ta, ou­tras três pes­so­as fo­ram pre­sas na úl­ti­ma quin­ta: da­vid San­tos li­ma (co­nhe­ci­do co­mo Ne­go), ales­san­dro de oli­vei­ra Sou­za (o le­le­ca) e Gustavo Sér­gio So­a­res Sil­va (o Gus­ta­vim). To­dos eram in­ves­ti­ga­dos sob sus­pei­ta de par­ti­ci­pa­ção na mor­te do jor­na­lis­ta. a fo­lha não con­se­guiu con­ta­to com a de­fe­sa da pre­fei­ta nem com a as­ses­so­ria da pre­fei­tu­ra.

ro­se­li já ha­via si­do afas­ta­da do car­go em ju­nho des­te ano, após ter si­do con­de­na­da por abu­so de po­der econô­mi­co e po­lí­ti­co nas elei­ções de 2014, pe­lo Tre (Tri­bu­nal re­gi­o­nal elei­to­ral). a cor­te de­ter­mi­nou sua cas­sa­ção e a ine­le­gi­bi­li­da­de por oi­to anos. a pre­fei­ta, po­rém, re­cor­reu do afas­ta­men­to e con­se­guiu vol­tar ao car­go após du­as se­ma­nas.

Cri­me

o jor­na­lis­ta Mau­rí­cio Cam­pos ro­sa, 64, do­no do jor­nal “o Gri­to”, de San­ta lu­zia, foi mor­to a ti­ros qu­an­do saía da ca­sa de um ami­go, à noite, em agos­to do ano pas­sa­do.

Qua­tro ti­ros o atin­gi­ram nas cos­tas e um na nu­ca. o cri­me foi pre­sen­ci­a­do por uma tes­te­mu­nha, que en­trou em es­ta­do de cho­que e não con­se­guiu con­tar aos po­li­ci­ais o que acon­te­ceu.

o jor­nal “o Gri­to” é dis­tri­buí­do gra­tui­ta­men­te em San­ta lu­zia e tem no­tí­ci­as da re­gião.

Ar­qui­vo

A pre­fei­ta Ro­se­li Fer­rei­ra Pi­men­tel (PSB) foi pre­sa sus­pei­ta de par­ti­ci­pa­ção na mor­te do jor­na­lis­ta

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.