‘Não vo­ta Pre­vi­dên­cia por­ra ne­nhu­ma’, diz pre­si­den­te do Se­na­do

Brasil em Folhas - - Front Page -

Ir­ri­ta­do por não con­se­guir re­a­li­zar ses­são do Con­gres­so nes­ta ter­ça-fei­ra (12), o pre­si­den­te do Se­na­do, Eu­ní­cio Oli­vei­ra (PMDB-CE), dis­se que “não vo­ta [a re­for­ma da] Pre­vi­dên­cia por­ra ne­nhu­ma”.

Eu­ní­cio ha­via mar­ca­do ses­são do Con­gres­so, que acon­te­ce no ple­ná­rio da Câ­ma­ra, pa­ra apre­ci­ar ve­tos pre­si­den­ci­ais às 14h, mas pos­ter­gou o iní­cio da reu­nião pa­ra que de­pu­ta­dos pu­des­sem seguir com su­as vo­ta­ções.

Por vol­ta das 18h30, o pre­si­den­te do Se­na­do foi ao ple­ná­rio da Câ­ma­ra, quan­do viu que os de­pu­ta­dos ain­da es­ta­vam em vo­ta­ção, o que im­pos­si­bi­li­ta­ria a reu­nião do Con­gres­so. Eu­ní­cio saiu do ple­ná­rio bas­tan­te ir­ri­ta­do ao la­do do lí­der do go­ver­no no Con­gres­so, de­pu­ta­do An­dré Mou­ra (PSC-SE), que ten­ta­va con­ven­cê-lo a não can­ce­lar a ses­são.

A Fo­lha acom­pa­nhou a du­pla da saí­da do ple­ná­rio da Câ­ma­ra até a en­tra­da da pre­si­dên­cia do Se­na­do e ou­viu o de­sa­ba­fo do se­na­dor ao de­pu­ta­do. “Não con­vo­co mais [ses­são do Con­gres­so]. Brin­ca­dei­ra is­so. Tam­bém não vo­ta mais Pre­vi­dên­cia por­ra ne­nhu­ma. Tá fa­zen­do gra­ça?”, dis­se Eu­ní­cio, di­zen­do ain­da que es­ta­va com fe­bre (o se­na­dor es­tá com fa­rin­gi­te). Eu­ní­cio pode, de fa­to, cau­sar pro­ble­mas à vo­ta­ção da re­for­ma da Pre­vi­dên­cia, que o go­ver­no quer re­a­li­zar na pró­xi­ma se­ma­na.

Na se­gun­da- fei­ra ( 11), o pre­si­den­te do Se­na­do ha­via ce­di­do ao ape­lo do pre­si­den­te Mi­chel Te­mer e dis­se que vo­ta­ria o Orçamento de 2018 so­men­te na se­ma­na que vem e não nes­ta, como pre­ten­dia. Ao em­pur­rar pa­ra a pró­xi­ma se­ma­na, ele aju­da­ria o go­ver­no a ga­ran­tir a pre­sen­ça dos par­la­men­ta­res em Bra­sí­lia.

A vo­ta­ção do Orçamento é sem­pre o úl­ti­mo ato do Le­gis­la­ti­vo an­tes do re­ces­so par­la­men­tar, a par­tir de 23 de de­zem­bro.

Se Eu­ní­cio de­ci­dir fazer es­ta vo­ta­ção do Con­gres­so an­tes do dia 22, pode es­va­zi­ar o Par­la­men­to, atra­pa- lhan­do os pla­nos do go­ver­no, que já en­fren­ta sé­ri­as di­fi­cul­da­des pa­ra atin­gir os 308 vo­tos de que pre­ci­sa pa­ra apro­var a re­for­ma da Pre­vi­dên­cia.

An­tes de co­men­tar com Mou­ra so­bre a re­for­ma das re­gras pre­vi­den­ciá­ri­as, Eu­ní­cio foi qu­es­ti­o­na­do pe­la Fo­lha so­bre quan­do con­vo­ca­ria no­va ses­são do Con­gres­so e quan­do vo­ta­ria o Orçamento.

Às du­as per­gun­tas, o pre­si­den­te do Se­na­do res­pon­deu: “Quan­do de­so­cu­pa­rem o ple­ná­rio.”

Po­lí­ti­cos: no­vos par­la­men­ta­res en­tra­rão nas re­gras ge­rais da re­for­ma da Pre­vi­dên­cia pro­pos­ta

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.