Tai­lân­dia com­ple­ta res­ga­te de oi­to das 12 cri­an­ças

Brasil em Folhas - - Primeira Página -

Oi­to me­ni­nos que fi­ca­ram pre­sos na ca­ver­na inun­da­da de Tham Lu­ang, no nor­te da Tai­lân­dia, es­tão a sal­vo. Qua­tro ha­vi­am saí­do on­tem e ou­tros qua­tro saí­ram nes­ta se­gun­da-fei­ra, dia 9. Os tra­ba­lhos pa­ra res­ga­tar as ou­tras qua­tro cri­an­ças e o mo­ni­tor que ain­da es­tão lá den­tro fo­ram sus­pen­sos ho­je pa­ra a re­po­si­ção dos ci­lin­dros de ar ao lon­go do tú­nel e se­rão re­to­ma­dos ama­nhã. De acor­do com fon­tes ofi­ci­ais, o gru­po que saiu ho­je es­tá “sal­vo e cons­ci­en­te” e o que per­ma­ne­ce na ca­ver­na es­tá em bom es­ta­do de saú­de. A ope­ra­ção de do­min­go, quan­do foi re­a­li­za­da a pri­mei­ra eta­pa dos tra­ba­lhos, foi cha­ma­da de “um su­ces­so mai­or do que es­pe­rá­va­mos” por Na­rong­sak Os­so­ta­na­korn, o co­or­de­na­dor dos tra­ba­lhos de res­ga­te. De­zoi­to mer­gu­lha­do­res – cin­co tai­lan­de­ses e 13 de ou­tras na­ci­o­na­li­da­des – es­col­ta­ram os qua­tro pri­mei­ros jo­vens em uma ope­ra­ção por eta­pas, em que ca­da res­ga­ta­do foi acom­pa­nha­do por dois mer­gu­lha­do­res es­pe­ci­a­lis­tas pa­ra aju­dá­los a su­pe­rar os pon­tos mais pe­ri­go­sos. Os tra­ba­lhos de sal­va­men­to fo­ram sus­pen­sos na noi­te de do­min­go pa­ra a co­lo­ca­ção de no­vos ci­lin­dros de oxi­gê­nio ao lon­go dos qua­tro quilô­me­tros que os jo­vens de­vem per­cor­rer pa­ra sair da ca­ver­na e fo­ram rei­ni­ci­a­dos às 11h (1h de Bra­sí­lia) des­ta se­gun­da-fei­ra. Na ope­ra­ção de ho­je de­ci­diu-se que os mer­gu­lha­do­res da pri­mei­ra mis­são tam­bém es­ta­ri­am nes­sa, li­de­ra­dos pe­los mes­mos bri­tâ­ni­cos que há oi­to di­as lo­ca­li­za­ram os me­ni­nos 400 me­tros adi­an­te de on­de se cal­cu­la­va que es­ta­vam. São os que me­lhor co­nhe­cem o ter­re­no.

“Man­da­mos a equi­pe ao in­te­ri­or da ca­ver­na por vol­ta das 11 da ma­nhã. Es­pe­ra­mos ter bo­as notícias em al­gu­mas ho­ras”, afir­mou o co­or­de­na­dor. E che­ga­ram. O mé­to­do foi se­me­lhan­te ao uti­li­za­do no do­min- go. Um mergulhador foi na fren­te de ca­da ga­ro­to e ou­tro atrás. O pri­mei­ro guia o me­ni­no e le­va os ci­lin­dros de oxi­gê­nio; o se­gun­do fi­ca co­mo apoio ca­so sur­jam di­fi­cul­da­des. Os ga­ro­tos, que re­cém-apren­de­ram a na­dar e mal sa­bem mer­gu­lhar, uti­li­zam más­ca­ras que co­brem to­do o seu ros­to, o que fa­ci­li­ta sua res­pi­ra­ção. To­do aparato de res­ga­te en­vol­ve 90 mer­gu­lha­do­res: 40 tai­lan­de­ses e 50 de ou­tras na­ci­o­na­li­da­des.

Após as re­ti­ra­das, os me­ni­nos fo­ram le­va­dos ao hos­pi­tal pro­vin­ci­al de Chi­ang Rai, a 70 quilô­me­tros da ca­ver­na. Lá fi­ca­rão em um pe­río­do de qua­ren­te­na pa­ra se re­cu­pe­rar, du­ran­te o qual ain­da não se­rá per­mi­ti­do o con­ta­to com seus fa­mi­li­a­res, dis­se o co­or­de­na­dor.

As iden­ti­da­des dos res­ga­ta­dos não fo­ram in­for­ma­das. Ofi­ci­al­men­te são co­nhe­ci­dos so­men­te co­mo “Ja­va­li 1”, “Ja­va­li 2” etc em re­fe­rên­cia ao no­me da equi­pe de fu­te­bol a qual per­ten­cem, os “Ja­va­lis Sel­va­gens”.

Os doze me­ni­nos e o mo­ni­tor de­les fi­ca­ram pre­sos na ca­ver­na em 23 de ju­nho, quan­do uma for­te chu­va a inun­dou. De­sa­pa­re­ci­dos du­ran­te no­ve di­as, mer­gu­lha­do­res bri­tâ­ni­cos os lo­ca­li­za­ram na se­gun­da-fei­ra, dia 2. Des­nu­tri­dos, de­so­ri­en­ta­dos, mas vivos.

IMA­GE BY ROYAL THAI ARMY

Os 12 me­ni­nos e seu trei­na­dor fi­ca­ram pre­sos em uma ca­ver­na inun­da­da por mais de uma semana.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.