Ce­lu­la­res ir­re­gu­la­res se­rão no­ti­fi­ca­dos a par­tir de ho­je

Brasil em Folhas - - Primeira Página -

aa­gên­cia Na­ci­o­nal de te­le­co­mu­ni­ca­ções (ana­tel) ini­cia nes­te do­min­go (23) a no­ti­fi­ca­ção de por­ta­do­res de apa­re­lhos de te­le­fo­ne ce­lu­lar ir­re­gu­la­res em 10 estados. são con­si­de­ra­dos ir­re­gu­la­res os apa­re­lhos adul­te­ra­dos, rou­ba­dos, ex­tra­vi­a­dos e não cer­ti­fi­ca­dos pe­la ana­tel.

se­gun­do a agên­cia, a me­di­da atin­ge os usuá­ri­os de ce­lu­la­res de estados das re­giões cen­tro-oes­te, sul, Nor­te e su­des­te.

Nos estados do acre, es­pí­ri­to san­to, ma­to Gros­so, ma­to Gros­so do sul, rio de Ja­nei­ro, rondô­nia, to­can­tins, san­ta ca­ta­ri­na, Pa­ra­ná e rio Gran­de do sul, quem es­ti­ver uti­li­zan­do apa­re­lhos ir­re­gu­la­res vai co­me­çar a re­ce­ber a par­tir de ho­je men­sa­gens aler­tan­do so­bre o pro­ble­ma. Nes­ses estados, a me­di­da va­le pa­ra apa­re­lhos ir­re­gu­la­res ha­bi­li­ta­dos a par­tir de 23 de se­tem­bro de 2018.

men­sa­gem

os apa­re­lhos ir­re­gu­la­res re­ce­be­rão a par­tir de ho­je a se­guin­te men­sa­gem, en­vi­a­da pe­lo nú­me­ro 2828: “ope­ra­do­ra avi­sa: Pe­la lei 9.472 es­te ce­lu­lar es­tá ir­re­gu­lar e não fun­ci­o­na­rá nas re­des ce­lu­la­res em XX di­as. aces­se www.ana­tel.gov.br/ ce­lu­lar­le­gal ou ligue *XXXX”

o blo­queio dos apa­re­lhos se­rá fei­to a par­tir de 8 de de­zem­bro de 2018. a úl- ti­ma men­sa­gem, na vés­pe­ra do blo­queio, apre­sen­ta­rá o se­guin­te con­teú­do: “ope­ra­do­ra avia: es­te ce­lu­lar imei XXXXX é ir­re­gu­lar e dei­xa­rá de fun­ci­o­nar nas re­des ce­lu­la­res. aces­se www.ana­tel. gov.br/ce­lu­lar­le­gal ou ligue *XXXX”

CER­TI­FI­CA­DO

De acor­do com a le­gis­la­ção, to­do apa­re­lho ce­lu­lar em uso no país de­ve ser cer­ti­fi­ca­do ou ter sua cer­ti­fi­ca­ção acei­ta pe­la ana­tel. “apa­re­lhos ce­lu­la­res cer­ti­fi­ca­dos pas­sa­ram por uma sé­rie de tes­tes an­tes de che­ga­rem às mãos do con­su­mi­dor. o usuá­rio de­ve sem­pre pro­cu­rar o se­lo da ana­tel no ver­so da ba­te­ria do ce­lu­lar e tam­bém no car­re­ga­dor”, in­for­mou a as­ses­so­ria.

com o blo­queio, a ana­tel pre­ten­de coi­bir o uso de te­le­fo­nes mó­veis não cer­ti­fi­ca­dos, com imei adul­te­ra­do, clo­na­do ou ou­tras for­mas de frau­de. se­gun­do a ana­tel, os usuá­ri­os que já têm apa­re­lhos mó­veis ir­re­gu­la­res ha­bi­li­ta­dos não se­rão des­co­nec­ta­dos, caso não al­te­rem o nú­me­ro.

imei (do in­glês in­ter­na­ti­o­nal mo­bi­le equip­ment iden­tity) é o nú­me­ro de iden­ti­fi­ca­ção do ce­lu­lar. o imei DB, co­mo é cha­ma­do, é aces­sa­do por fa­bri­can­tes, ope­ra­do­ras e agên­ci­as re­gu­la­do­ras de to­do o mun­do, ra­zão pe­la qual apa­re­lhos que são cer­ti­fi­ca­dos em qual­quer país têm o imei in­se­ri­do lá.

nú­me­ro

Pa­ra sa­ber se o nú­me­ro de imei é le­gal, bas­ta dis­car *#06#. se a nu­me­ra­ção coin­ci­dir com o que apa­re­ce na cai­xa, o apa­re­lho é re­gu­lar. caso con­trá­rio, há uma gran­de chan­ce de o apa­re­lho ser ir­re­gu­lar.

a agên­cia dis­se que uma par­ce­ria en­tre pres­ta­do­ras, fa­bri­can­tes e a ana­tel ser­viu pa­ra a im­plan­ta­ção de um sis­te­ma in­for­ma­ti­za­do que iden­ti­fi­ca os ce­lu­la­res ir­re­gu­la­res em uso na re­de.

cha­ma­do de “ce­lu­lar le­gal”, o pro­je­to de blo­queio foi di­vi­do em três fa­ses. a fa­se pi­lo­to (1ª fa­se) co­me­çou com o en­vio e men­sa­gens em 22 de fe­ve­rei­ro de 2018 pa­ra os usuá­ri­os do es­ta­do de Goiás e do Dis­tri­to fe­de­ral, e o blo­queio co­me­çou a re­a­li­za­do a par­tir do dia 09 de maio.

“até ju­lho des­te ano, fo­ram blo­que­a­dos por irregularidades 41.827 aces­sos de te­le­fo­nia e in­ter­net mó­vel em Goiás e no Dis­tri­to fe­de­ral, o que re­pre­sen­tou 0,3% do to­tal de 12.587.694 de aces­sos em fun­ci­o­na­men­to, sen­do 5.308.975 no Df e 7.278.719 em Go”, dis­se a ana­tel.

De acor­do com a agên­cia, a ter­cei­ra fa­se abran­ge­rá os estados da re­gião Nor­des­te e de­mais estados da re­gião Nor­te e su­des­te, in­cluin­do são Pau­lo. Pa­ra es­ses estados, o en­ca­mi­nha­men­to de men­sa­gens aos usuá­ri­os a par­tir de 7 de ja­nei­ro de 2019 e im­pe­di­men­to do uso dos apa­re­lhos ir­re­gu­la­res a par­tir de 24 de mar­ço de 2019. Nes­ses estados, a me­di­da va­le pa­ra apa­re­lhos ir­re­gu­la­res ha­bi­li­ta­dos a par­tir de 7 de ja­nei­ro de 2019.

con­su­mi­do­res que es­te­jam uti­li­zan­do apa­re­lhos ir­re­gu­la­res an­tes des­sas da­tas não se­rão des­co­nec­ta­dos caso não al­te­rem o seu nú­me­ro. Já aque­les que co­nec­ta­rem às re­des de te­le­co­mu­ni­ca­ções apa­re­lhos ir­re­gu­la­res após es­sas da­tas se­rão no­ti­fi­ca­dos por men­sa­gens sms e, após 75 di­as, o apa­re­lho não irá mais fun­ci­o­nar nas re­des de te­le­co­mu­ni­ca­ções.

CE­LU­LA­RES ES­TRAN­GEI­ROS

ce­lu­la­res com­pra­dos no ex­te­ri­or vão con­ti­nu­ar fun­ci­o­nan­do no Bra­sil, des­de que se­jam cer­ti­fi­ca­dos por or­ga­nis­mos es­tran­gei­ros equi­va­len­tes à agên­cia re­gu­la­do­ra. Um ce­lu­lar só é con­si­de­ra­do ir­re­gu­lar quan­do não pos­sui um nú­me­ro imei re­gis­tra­do no ban­co de da­dos da Gs­ma, as­so­ci­a­ção global de ope­ra­do­ras.

Não se­rão con­si­de­ra­dos ir­re­gu­la­res os equi­pa­men­tos ad­qui­ri­dos por par­ti­cu­la­res no ex­te­ri­or que, ape­sar de ain­da não cer­ti­fi­ca­dos no Bra­sil, te­nham por ori­gem fa­bri­can­tes le­gí­ti­mos.

ebc/ agên­cia Bra­sil

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.