Zé Eli­ton ou­tor­ga li­cen­ça pa­ra Par­que In­dus­tri­al

Brasil em Folhas - - Primeira Página -

Com fo­co na ge­ra­ção e em­pre­go e for­ta­le­ci­men­to da eco­no­mia de apa­re­ci­da de Goi­â­nia, o governador Zé eli­ton (PSDB) as­si­nou nes­ta ma­nhã, em so­le­ni­da­de no 10º an­dar do Pa­lá­cio Pe­dro lu­do­vi­co tei­xei­ra, a ou­tor­ga de li­cen­ça am­bi­en­tal do Par­que in­dus­tri­al Vi­ce Pre­si­den­te Jo­sé de alen­car.

a re­gu­la­ri­za­ção fun­diá­ria era uma de­man­da das 86 em­pre­sas ins­ta­la­das no par­que há 14 anos. com o li­cen­ci­a­men­to am­bi­en­tal, a Pre­fei­tu­ra de apa­re­ci­da de Goi­â­nia po­de­rá re­gis­trar o lo­te­a­men­to em car­tó­rio e os in­ves­ti­do­res te­rão con­di­ções de, com os imó­veis es­cri­tu­ra­dos, ex­pan­di­rem seus ne­gó­ci­os, ten­do aces­so a fi­nan­ci­a­men­tos.

“fi­co fe­liz de ver apa­re­ci­da dan­do um pas­so adi­an­te no seu pro­ces­so de de­sen­vol­vi­men­to”, dis­se o governador Zé eli­ton aos in­ves­ti­do­res pre­sen­tes à so­le­ni­da­de. Des­ta­cou que a en­tre­ga das li­cen­ças ga­ran­te aos em­pre­sá­ri­os aces­so a cré­di­tos, além de fa­zer a es­cri­tu­ra­ção de­fi­ni­ti­va dos imó­veis, o que sig­ni­fi­ca “um ga­nho qua­li­ta­ti­vo ex­tra­or­di­ná­rio”.

Zé eli­ton res­sal­tou que Goiás é um es­ta­do lí­der na ge­ra­ção de em­pre­gos e apa­re­ci­da de Goi­â­nia se des­ta­ca na­ci­o­nal­men­te por­que o go­ver­no do es­ta­do ga­ran­tiu o pro­ces­so de de­sen­vol­vi­men­to do município. “Nós te­ría­mos di­fi­cul­da­des de ver a apa­re­ci­da de Goi­â­nia que ve­mos, se não fos­sem os in­cen­ti­vos fis­cais”, afir­mou.

ele en­fa­ti­zou ain­da que, em 1999, Goiás era um es­ta­do com uma eco­no­mia ba­se­a­da ape­nas no agro­ne­gó­cio. Ho­je, des­ta­cou, a eco­no­mia goi­a­na é “di­ver­si­fi­ca­da, com ca­dei­as pro­du­ti­vas re­le­van­tes”. ci­tou que Goiás tem o 4º po­lo me­tal-me­câ­ni­co mais im­por­tan­te do País, o 2º mais im­por­tan­te em quí­mi­ca fi­na, em far­moquí­mi­ca, o 4º po­lo de mi­ne­ra­ção, o 6º de con­fec­ção e 2º po­lo de co­mer­ci­a­li­za­ção roupas, que só per­de pa­ra o a rua 25 de mar­ço, no Brás, em são Paulo. “Go­ver­nar é sa­ber que é pre­ci­so ter co­ra­gem”, su­bli­nhou Zé eli- ton. os in­ves­ti­do­res elo­gi­a­ram a ini­ci­a­ti­va do governador, no sen­ti­do de for­ta­le­cer a eco­no­mia de apa­re­ci­da de Goi­â­nia com ge­ra­ção de em­pre­go e ren­da. “com es­sa li­cen­ça, ini­cia-se uma no­va fa­se pa­ra as em­pre­sas ins­ta­la­das no par­que”, co­me­mo­rou o pre­si­den­te da as­so­ci­a­ção co­mer­ci­al e in­dus­tri­al de apa­re­ci­da de Goi­â­nia (aci­ag), Jo­sé luis ce­les­ti­no.

o se­cre­tá­rio mu­ni­ci­pal de De­sen­vol­vi­men­to econô­mi­co, ro­dri­go cal­das, que re­pre­sen­tou o pre­fei­to Gus­ta­vo men­da­nha (PMDB) na so­le­ni­da­de, afir­mou que a ou­tor­ga das li­cen­ças am­bi­en­tais é “mais uma eta­pa cum­pri­da”, uma vez que as em­pre­sas ins­ta­la­das no par­que in­dus­tri­al an­sei­am há anos pe­la re­gu­la­ri­za­ção.

o pre­si­den­te da as­so­ci­a­ção das em­pre­sas do Par­que in­dus­tri­al de apa­re­ci­da de Goi­â­nia (ae­pia), má­rio cé­sar de Pau­la, con­si­de­rou ho­je um “im­por­tan­te dia” pa­ra o de­sen­vol­vi­men­to de apa­re­ci­da, por­que tra­ta-se de um so­nho ali­men­ta­do pe­los em­pre­sá­ri­os há 14 anos. atu­al­men­te, as em­pre­sas ins­ta­das no Par­que in­dus­tri­al pos­su­em ape­nas o ter­mo de ces­são de uso dos lo­tes. com a re­gu­la­ri­za­ção, en­fa­ti­zou má­rio cé­sar, po­de­rão ter aces­so a fi­nan­ci­a­men­tos e fa­ze­rem no­vos in­ves­ti­men­tos no município.

Ar­qui­vo/agên­cia Bras

Re­gu­la­ri­za­ção fun­diá­ria era uma de­man­da de em­pre­sas ins­ta­la­das no Par­que In­dus­tri­al Vi­ce Pre­si­den­te Jo­sé de Alen­car há 14 anos e de­pu­ta­do es­ta­du­al Mar­lú­cio Pe­rei­ra

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.