Em sin­to­nia!

Tons neu­tros dei­xam o dor­mi­tó­rio mais dis­cre­to

Casa Linda - - Índice - Tex­to: Ju­li­a­na Bor­ges | De­sign: An­ge­la A. So­a­res

Tons neu­tros dei­xam o dor­mi­tó­rio mais dis­cre­to

Es­te cô­mo­do, pro­je­ta­do pe­las ar­qui­te­tas Jocy­ma­ra Ni­co­lau e An­dréa Po­sons­ki, da NP Ar­qui­te­tu­ra, foi ide­a­li­za­do em ci­ma de uma pro­pos­ta con­tem­po­râ­nea, com as­pec­tos que le­vas­sem a pra­ti­ci­da­de co­mo ele­men­to prin­ci­pal e, ao mes­mo tem­po, o acon­che­go pa­ra os mo­ra­do­res.

Co­res cla­ras

As pro­fis­si­o­nais op­ta­ram por tons neu­tros em to­do o dor­mi­tó­rio. “As co­res que apa­re­cem nos qua­dros, na mai­o­ria das ve­zes azul e la­ran­ja, in­te­gram com a ba­se neu­tra do res­tan­te do mo­bi­liá­rio”, afir­mam as ar­qui­te­tas. Os pai­néis de ma­dei­ra uti­li­za­dos em al­gu­mas pa­re­des com­põem o am­bi­en­te em três to­na­li­da­des: bran­co, gi­an­duia e la­ca mar­rom bri­lhan­te.

Mó­veis fun­ci­o­nais

O rack bran­co com por­tas de cor­rer foi po­si­ci­o­na­do en­tre os ar­má­ri­os ver­ti­cais pa­ra que hou­ves­se um me­lhor apro­vei­ta­men­to do es­pa­ço. “Da mes­ma ma­nei­ra, o cri­a­do-mu­do ao la­do da ca­ma é fun­ci­o­nal e con­tri­bui pa­ra a or­ga­ni­za­ção, além de dar um to­que es­pe­ci­al ao quar­to”, de­cla­ram as pro­fis­si­o­nais.

Tra­ba­lhe em ca­sa!

Uma das so­li­ci­ta­ções dos mo­ra­do­res foi a cri­a­ção de um can­ti­nho de tra­ba­lho. “Co­mo es­te é um apar­ta­men­to de praia, os pro­pri­e­tá­ri­os pe­di­ram por um lo­cal on­de pu­des­sem tra­ba­lhar du­ran­te os di­as em que es­ti­ves­sem lá, ou se­ja, na­da mui­to ela­bo­ra­do, mas fun­ci­o­nal e acon­che­gan­te”, ex­pli­cam Jocy­ma­ra e An­dréa.

Fo­tos: Ne­nad Ra­do­va­no­vic

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.