Mais vi­da

Lu­gar de plan­ta tam­bém é den­tro de ca­sa! Sai­ba co­mo usá-las em sa­las e co­zi­nhas

Casa Linda - - Índice - Tex­to: Ju­li­a­na Borges | De­sign: Re­nan Oli­vei­ra

Ape­sar de se­rem me­nos uti­li­za­das em am­bi­en­tes in­ter­nos, flo­res e ou­tros ti­pos de plan­tas são ca­pa­zes de dar um to­que úni­co e es­pe­ci­al à de­co­ra­ção. Mui­tas ve­zes, não é ne­ces­sá­rio ter um quin­tal enor­me pa­ra cri­ar um jar­dim: va­sos e ar­ran­jos ver­ti­cais po­dem ser óti­mas op­ções. Nes­tes dois pro­je­tos, es­sas fo­ram as so­lu­ções en­con­tra­das pa­ra le­var o ver­de ao cô­mo­do, sem ocu­par mui­to es­pa­ço.

Co­zi­nha te­má­ti­ca

O ob­je­ti­vo da ar­qui­te­ta Lays Me­dei­ros e da designer Léa Kauf­mann ao pro­je­ta­rem es­ta co­zi­nha era apos­tar em uma de­co­ra­ção que re­me­tes­se aos pubs de Lon­dres. “Por is­so, uti­li­zam as co­res da ban­dei­ra londrina, os Be­a­tles pin­ta­dos no vi­dro e ou­tros ob­je­tos que re­me­tem a es­se es­ti­lo”, co­men­tam as pro­fis­si­o­nais do Stu­dio LK. Pa­ra man­ter o es­ti­lo do lo­cal e, ain­da as­sim, não abrir mão do con­for­to, elas apos­ta­ram no jar­dim vertical no to­po da pa­re­de, que cha­ma aten­ção e con­fe­re per­so­na­li­da­de ao am­bi­en­te.

Pra­ti­ci­da­de

Pensando na fun­ci­o­na­li­da­de, Lays e Léa es­co­lhe­ram as plan­tas per­ma­nen­tes na ho­ra de de­co­rar a co­zi­nha. “Elas não são na­tu­rais, o que fa­ci­li­ta mui­to na ho­ra dos cui­da­dos. Ain­da as­sim, tra­zem um efei­to de vi­da e acon­che­go ao cô­mo­do, e é co­mo se par­te da na­tu­re­za es­ti­ves­se den­tro do lo­cal”, ex­pli­cam a ar­qui­te­ta e a designer.

Pa­ra re­la­xar

Es­ta sa­la de jan­tar in­te­gra­da à de es­tar ga­nhou ain­da mais per­so­na­li­da­de com o jar­dim vertical na pa­re­de re­ves­ti­da de ti­jo­li­nhos. “A pa­re­de na­tu­ral já traz rus­ti­ci­da­de na me­di­da pa­ra o lo­cal. Ela e o jar­dim de plan­tas ar­ti­fi­ci­ais, ali­a­dos à ma­dei­ra no pi­so, ao MDF dos mó­veis e às co­res ter­ro­sas, re­al­çam ain­da mais es­se es­ti­lo”, afir­mam a ar­qui­te­ta Lays Me­dei­ros e a designer Léa Kauf­mann.

Acon­che­go é tu­do!

As co­res vi­vas e quen­tes não são as úni­cas res­pon­sá­veis por le­var con­for­to ao lo­cal. A ilu­mi­na­ção na­tu­ral, pro­ve­ni­en­te da sa­ca­da na sa­la de jan­tar, tam­bém aju­da a dei­xar o es­pa­ço mais acon­che­gan­te. “Já a ilu­mi­na­ção ar­ti­fi­ci­al fi­cou por con­ta das di­crói­cas em­bu­ti­das, das lu­zes de LED pon­tu­ais e do pen­den­te abs­tra­to pa­ra a me­sa de jan­tar”, de­ta­lham as pro­fis­si­o­nais.

– SP

Pro­je­to 2: Stu­dio LK, São Pau­lo

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.