Na me­di­da cer­ta

Co­res di­fe­ren­tes po­dem tra­zer vi­da pa­ra qu­al­quer can­ti­nho

Casa Linda - - Colorido - Tex­to Jú­lia Mar­tins/Co­la­bo­ra­do­ra | De­sign An­ge­la A. So­a­res

Co­res vi­bran­tes con­se­guem ale­grar qu­al­quer am­bi­en­te, po­rém, de­vem ser usa­das com mo­de­ra­ção pa­ra que o cô­mo­do não fi­que car­re­ga­do, es­pe­ci­al­men­te se ele for pe­que­no. O pro­je­to da ar­qui­te­ta Cláu­dia Ara­gão e da designer Cá­tia Mai­el­lo, do es­cri­tó­rio CoGa Ar­qui­te­tu­ra, equi­li­bra per­fei­ta­men­te tons neu­tros e co­lo­ri­dos. Con­fi­ra!

Pro­por­ci­o­nal

O ca­sal de mo­ra­do­res op­tou por um so­fá com chai­se lon­gue pa­ra as­sis­tir fil­mes com mais con­for­to. Por is­so, os ou­tros mó­veis da sa­la fo­ram dis­pos­tos de for­ma que não fal­tas­se es­pa­ço. “Pa­ra o am­bi­en­te não pa­re­cer me­nor do que re­al­men­te é, os de­mais ele­men­tos do es­pa­ço têm pro­por­ções me­no­res”, ex­pli­cam.

Tu­do se­to­ri­za­do

An­tes, os ob­je­tos dos mo­ra­do­res fi­ca­vam es­pa­lha­dos pe­la sa­la, fa­zen­do-a pa­re­cer me­nor. “Os ni­chos aju­da­ram a or­ga­ni­zar os ador­nos e os gan­chos di­ver­ti­dos aju­dam a guar­dar as bol­sas. Até o can­ti­nho do ca­chor­ro Ma­no­lo foi pen­sa­do pa­ra aju­dar na ar­ru­ma­ção do es­pa­ço”, co­men­tam as pro­fis­si­o­nais.

Um to­que de cor

As co­res usa­das fi­ze­ram com que o am­bi­en­te pa­re­ces­se mais vi­vo e es­pa­ço­so. “Pa­ra dar o co­lo­ri­do que o ca­sal de­se­ja­va, nós pin­ta­mos uma das pa­re­des com tin­ta azul e a ou­tra foi re­ves­ti­da com lâ­mi­nas de MDF, pa­ra dar o acon­che­go e cri­ar um fun­do neu­tro e bo­ni­to pa­ra as obras de ar­te”, afir­mam.

Es­te es­pa­ço tem 13m²!

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.