100% de apro­vei­ta­men­to

Al­guns tru­ques fi­ze­ram o imó­vel pa­re­cer mai­or do que é

Casa Linda - - Índice - Tex­to: Ya­ra Lom­bar­di/Co­la­bo­ra­do­ra De­sign: Aman­da Mar­ques/Co­la­bo­ra­do­ra

Um es­pa­ço de 26m² pode pa­re­cer pe­que­no, mas, uti­li­zan­do as es­tra­té­gi­as cer­tas, é pos­sí­vel trans­for­má-lo e dei­xá-lo com a ca­ra de um lar. “Um am­bi­en­te le­ve, com to­dos os es­pa­ços apro­vei­ta­dos”: foi as­sim que a ar­qui­te­ta Cyn­tia Sa­bat de­fi­niu o pro­je­to a se­guir.

So­fá-ca­ma

O es­pa­ço dis­po­ní­vel era re­du­zi­do e, por es­se mo­ti­vo, sa­la e quar­to tor­na­ram-se um só lo­cal. Para is­so, foi fei­to um re­bai­xa­men­to na ca­ma para es­con­der as vigas, pos­si­bi­li­tan­do seu uso co­mo so­fá pe­la mo­ra­do­ra e seus con­vi­da­dos.

De­co­ra­ção ob­je­ti­va

Ao vi­su­a­li­zar o apar­ta­men­to, a ar­qui­te­ta já sou­be as es­tra­té­gi­as que te­ria que usar. “Fi­ze­mos uma de­co­ra­ção bas­tan­te cla­ra, com o in­tui­to de dar uma am­pli­tu­de ao es­pa­ço”, ex­pli­ca Cyn­tia. As co­res mais for­tes fi­ca­ram por con­ta dos ob­je­tos de­co­ra­ti­vos.

Or­ça­men­to pa­drão

Ou­tro ob­je­ti­vo da ar­qui­te­ta foi não ul­tra­pas­sar os cus­tos pre­vis­tos da obra. “Uma das es­tra­té­gi­as para con­ter os gas­tos foi re­a­pro­vei­tar coi­sas do pro­je­to an­ti­go. O pi­so se man­te­ve o mes­mo e op­ta­mos por pa­re­des li­sas e com pin­tu­ra”, afir­ma.

Pro­je­to: Cyn­tia Sa­bat, Rio de Ja­nei­ro - RJ

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.