Cinema e re­cep­ção

A sa­la pos­sui fun­ções di­fe­ren­tes para mo­men­tos úni­cos

Casa Linda - - Índice - Tex­to: Ya­ra Lom­bar­di/Co­la­bo­ra­do­ra | De­sign: Mary El­len Ma­cha­do

Re­a­li­zar so­nhos e fazer com que eles se en­cai­xem em uma me­tra­gem re­du­zi­da é um dos ob­je­ti­vos de gran­des ar­qui­te­tos. Nes­sa sa­la de 9m², um dos de­se­jos dos mo­ra­do­res, um ca­sal de apro­xi­ma­da­men­te 40 anos, era ter uma sa­la de cinema, mas sem per­der a pra­ti­ci­da­de de re­ce­ber bem ami­gos e fa­mi­li­a­res. Foi des­sa for­ma que o ar­qui­te­to Ra­fa­el Hai­ashi­da, da ArkDek, pen­sou no pro­je­to.

Sa­la, cinema e mais!

“A ideia era fazer um ho­me the­a­ter com to­da in­fra­es­tru­tu­ra de áu­dio e ví­deo, mas qu­e­ría­mos uma sa­la de es­tar para re­ce­ber ami­gos e fa­mí­lia. Des­ta for­ma,

os equi­pa­men­tos es­tão to­dos den­tro dos ar­má­ri­os em for­ma­to de cai­xas”, in­di­ca o ar­qui­te­to. Al­guns com­par­ti­men­tos pos­su­em a fren­te ri­pa­da, para a ven­ti­la­ção, e ou­tros são par­ci­al­men­te aber­tos, po­den­do ser usa­do para a de­co­ra­ção. Os ni­chos fo­ram es­sen­ci­ais para man­ter a or­ga­ni­za­ção do am­bi­en­te.

Luz adap­tá­vel

Para aten­der as ex­pec­ta­ti­vas do ca­sal, a par­te elé­tri­ca foi bem de­ta­lha­da pe­lo ar­qui­te­to. “A ilu­mi­na­ção foi pen­sa­da para ter a pos­si­bi­li­da­de de lu­zes mais di­re­tas para mo­men­tos de re­cep­ção, por is­so as lu­zes em­bu­ti­das no for­ro, e mais in­di­re­tas para os mo­men­tos de ci­ne­mi­nha”, ex­pli­ca Ra­fa­el. Para a ilu­mi­na­ção in­di­re­ta, fo­ram usa­das fi­tas de LED em vol­ta dos ar­má­ri­os.

Em des­ta­que

O am­bi­en­te t em um es­ti­lo pre­do­mi­nan­te­men­te con­tem­po­râ­neo, com tons mais cla­ros, o que traz le­ve­za e con­for­to ao am­bi­en­te. “O uso de ma­dei­ra é o gran­de des­ta­que do pro­je­to. Uti­li­za­mos no pi­so, pai­nel e ar­má­ri­os, para dar mais acon­che­go ao cô­mo­do, já que as pa­re­des se­ri­am to­das bran­cas”, con­ta o pro­fis­si­o­nal.

Pro­je­to: ArkDek, São Paulo - SP

Para dar des­ta­que à obra de arte, foi co­lo­ca­do um spot com a luz fo­ca­da

Em­bu­tir a fi­a­ção do ho­me the­a­ter é um bom ar­ti­fí­cio para dei­xar o am­bi­en­te mais or­ga­ni­za­do

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.