QU­A­SE MO­ÇA

É pos­sí­vel unir ele­men­tos vin­ta­ge e ju­ve­nis no mes­mo can­ti­nho

Casa Linda - - Índice - Tex­to Raís­sa Pan­si­e­ri/Co­la­bo­ra­do­ra | De­sign Re­nan Oli­vei­ra

É pos­sí­vel unir ele­men­tos vin­ta­ge e ju­ve­nis no mes­mo can­ti­nho

Ao pla­ne­jar es­te am­bi­en­te, as ar­qui­te­tas Car­la Vaz e Ma­rí­lia Ser­ra, da Ser­ra Vaz Ar­qui­te­tu­ra, op­ta­ram por “um quar­to com mó­veis cle­an, já que a fi­lha es­tá em trans­for­ma­ção de cri­an­ça pa­ra ados­le­cen­te”. Po­rém, dar aten­ção aos ob­je­tos de de­co­ra­ção foi es­sen­ci­al pa­ra ga­ran­tir que a per­so­na­li­da­de não fi­cas­se es­con­di­da nes­te es­pa­ço de 8,73m².

Ori­gi­nal

A ca­ma-baú tem a ca­be­cei­ra em se­da sin­té­ti­ca na cor cham­pa­nhe, um de­ta­lhe que une a so­fis­ti­ca­ção ao es­ti­lo vin­ta­ge. Na área de es­tu­dos, o qua­dro na pa­re­de e a lu­mi­ná­ria de bra­ço, ara­ma­das em tom ro­sê gold, são, além de itens de de­co­ra­ção úni­cos, ide­ais pa­ra in­cen­ti­var o gos­to da jo­vem por de­se­nhos e lei­tu­ra.

Tom cer­to

Uma al­ter­na­ti­va pa­ra as ga­ro­tas que não são fãs da cor ro­sa é in­ves­tir em um pa­pel de pa­re­de des­con­traí­do. Nes­te ca­so, a es­co­lha foi a es­tam­pa de tri­ân­gu­los em tons pas­tel de azul, li­lás, ro­sa e ver­de, que além de con­fe­rir le­ve­za, am­pli­am vi­su­al­men­te as di­men­sões do quar­to.

Pro­je­to: Ser­ra Vaz Ar­qui­te­tu­ra, São Paulo – SP

Pa­ra não com­pro­me­ter a pas­sa­gem, man­te­nha o mo­bi­liá­rio em pa­re­des opostas, pos­si­bi­li­tan­do, as­sim, uma cir­cu­la­ção em “U”

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.