Des­po­ja­do

Dê per­so­na­li­da­de a es­pa­ços pe­que­nos sem per­der a co­mo­di­da­de ..........................................

Casa Linda - - Índice - Fo­tos: Kelly SCP Tex­to: Ana Letícia Car­va­lho/Co­la­bo­ra­do­ra | De­sign: Ní­co­las Mes­si­as/Co­la­bo­ra­dor

Os ar­qui­te­tos Sil­via Al­mei­da e Mar­cel Ca­sa­mas­sa, da MIS Ar­qui­te­tu­ra e In­te­ri­o­res, trans­for­ma­ram a pe­que­na sa­la de um ca­sal em um es­pa­ço am­plo, des­con­traí­do e con­vi­da­ti­vo para re­ce­ber os ami­gos.

Meia luz

Os mo­ra­do­res de­se­ja­vam que o lo­cal, de ape­nas 36m², ti­ves­se uma ilu­mi­na­ção mais in­ti­mis­ta. A im­pos­si­bi­li­da­de de co­lo­car um for­ro de ges­so di­fi­cul­ta­va a mo­di­fi­ca­ção dos pon­tos de luz, en­tão, os ar­qui­te­tos apos­ta­ram em uma ilu­mi­na­ção al­ter­na­ti­va, além das lu­mi­ná­ri­as cen­trais. A uti­li­za­ção de aran­de­las, aba­ju­res e da luz de LED di­re­ci­o­na­da na pra­te­lei­ra deu o efei­to de­se­ja­do.

Re­fú­gio

Para dar a sen­sa­ção de acon­che­go que o es­pa­ço pos­sui, além da ilu­mi­na­ção, os pro­fis­si­o­nais apos­ta­ram no "ca­lor dos ma­te­ri­ais, co­mo a ma­dei­ra do pi­so, as man­tas e te­ci­dos dos so­fás e o ta­pe­te de cou­ro”, con­tam Sil­via e Mar­cel.

Em des­ta­que

A de­ci­são de pin­tar uma das pa­re­des de azul e uti­li­zar um ar­má­rio ver­de trou­xe ao am­bi­en­te um to­que des­con­traí­do. Além dis­so, a pra­te­lei­ra bran­ca, que car­re­ga vá­ri­as lem­bra­ças de vi­a­gens do ca­sal, dá per­so­na­li­da­de ao cô­mo­do. “É uma forma de apro­vei­tar a gran­de ex­ten­são da pa­re­de a fa­vor da am­bi­en­ta­li­da­de. Con­se­gui­mos fa­zer um des­ta­que úni­co para a sa­la e ain­da aco­mo­dar bas­tan­te coi­sa que o ca­sal que­ria dei­xar ex­pos­to”, ex­pli­cam os ar­qui­te­tos.

Pro­je­to: MIS Ar­qui­te­tu­ra e In­te­ri­o­res, São Paulo - SP

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.