En­tre­gue-se às te­sou­ras

Se a in­se­gu­ran­ça te im­pe­de de re­no­var o vi­su­al, con­fi­ra es­sas di­cas

Chanel and Curtos - - Índice - Tex­to: Ya­ra Lom­bar­di/Co­la­bo­ra­do­ra | De­sign: Mary El­len Ma­cha­do

Quan­do o as­sun­to é mu­dar o lo­ok, ba­te aque­le fri­o­zi­nho na bar­ri­ga, não é? Mas, com al­guns cui­da­dos, é pos­sí­vel ino­var os ca­be­los e sair fe­liz e con­fi­an­te com o re­sul­ta­do!

Con­sul­te um vi­sa­gis­ta

Pa­ra fa­zer uma mu­dan­ça nos fi­os, é ne­ces­sá­rio le­var em con­si­de­ra­ção o ti­po de fio, for­ma­to de ros­to e a per­so­na­li­da­de de ca­da pes­soa. A fun­ção do vi­sa­gis­ta é exa­ta­men­te es­sa: trans­por pa­ra os ca­be­los o me­lhor de ca­da mu­lher. Mui­tos sa­lões es­pe­ci­a­li­zam o pró­prio ca­be­lei­rei­ro pa­ra sa­ber ad­mi­nis­trar es­sa téc­ni­ca. Por is­so, fa­le com um

pro­fis­si­o­nal de sua con­fi­an­ça!

Ins­pi­re-se

As fa­mo­sas es­tão sem­pre com o cor­te em al­ta, en­tão, por­que não se ins­pi­rar no es­ti­lo de­las? Mas lem­bre-se tam­bém de que, por ca­da es­ti­lo de fio ser úni­co, o vi­su­al de­ve ser­vir co­mo ins­pi­ra­ção, e ca­be ao pro­fis­si­o­nal adap­tá-lo ao seu cabelo!

“Cabelo cres­ce”

Com cer­te­za vo­cê já ou­viu es­sa fra­se quan­do se sen­tiu na dú­vi­da em apa­rar ou não os fi­os. E es­sa é a mais pu­ra ver­da­de! Se o seu no­vo cor­te não fi­car co­mo vo­cê ima­gi­na­va, sem­pre exis­te uma solução. En­tão che­ga de des­cul­pas e va­mos cor­tar as ma­dei­xas?

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.