Ati­ra­dor de Itum­bi­a­ra ti­nha um pro­ces­so con­tra a pre­fei­tu­ra

Correio da Bahia - - Brasil -

GOIÁS O ho­mem que al­ve­jou e ma­tou o pre­fei­to Jo­sé Go­mes da Ro­cha (PTB), 58 anos, e o ca­bo da Po­lí­cia Mi­li­tar Va­nil­son João Pe­rei­ra, 36 anos, em Itum­bi­a­ra, ha­via pro­ces­sa­do a pre­fei­tu­ra nu­ma ação tra­ba­lhis­ta. Gil­ber­to Fer­rei­ra do Ama­ral era fun­ci­o­ná­rio da pre­fei­tu­ra de Itum­bi­a­ra há 17 anos e re­cla­ma­va o pa­ga­men­to de ho­ras ex­tras no pe­río­do de 2009 e 2013. Nes­se pe­río­do, Go­mes era pre­fei­to e te­ria se ne­ga­do a fa­zer um acor­do pa­ra en­cer­rar a ação tra­ba­lhis­ta.

A Pre­fei­tu­ra aca­bou per­den­do a ação e foi con­de­na­da a pa­gar cer­ca de R$ 12 mil, mas vi­nha pro­te­lan­do o pa­ga­men­to, o que le­vou o Tri­bu­nal de Jus­ti­ça de Goiás a blo­que­ar as ver­bas do mu­ni­cí­pio. Ama­ral não es­ta­va sa­tis­fei­to com o va­lor que iria em­bol­sar. De acor­do com fun­ci­o­ná­ri­os da pre­fei­tu­ra, ele tam­bém re­cla­mou pe­lo não re­ce­bi­men­to por su­pos­tos ser­vi­ços pres­ta­dos ao ex-pre­fei­to co­mo mo­to­ris­ta em cam­pa­nhas po­lí­ti­cas an­te­ri­o­res. O ve­ló­rio do po­lí­ti­co e do po­li­ci­al foi mar­ca­do por gran­de co­mo­ção. Os dois fo­ram ba­le­a­dos e mor­tos no aten­ta­do que tam­bém fe­riu gra­ve­men­te o vi­ce-go­ver­na­dor do es­ta­do, Jo­sé Elil­ton, de 44 anos, du­ran­te uma car­re­a­ta na tar­de de quar­ta-fei­ra. O ad­vo­ga­do da pre­fei­tu­ra Cé­lio Re­zen­de tam­bém fi­cou fe­ri­do. O au­tor dos dis­pa­ros, o fun­ci­o­ná­rio pú­bli­co Gil­ber­to Fer­rei­ra do Ama­ral, de 53 anos, foi mor­to pe­la po­lí­cia.

Pe­lo me­nos três mil pes­so­as, se­gun­do a Po­lí­cia Mi­li­tar, to­ma­ram o sa­lão e as ime­di­a­ções do Te­a­tro Mu­ni­ci­pal, na des­pe­di­da de Jo­sé Go­mes. O cor­po do ca­bo Va­nil­son foi ve­la­do no sa­lão de uma fu­ne­rá­ria. Os dois cor­pos fo­ram se­pul­ta­dos on­tem. Na ci­da­de de 101 mil ha­bi­tan­tes, em ra­zão do lu­to ofi­ci­al de três di­as de­cre­ta­do pe­lo pre­fei­to Chi­co Bal­la (PTB), as re­par­ti­ções pú­bli­cas es­ta­vam fe­cha­das. O pre­si­den­te do Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral (TSE), Gil­mar Men­des, clas­si­fi­cou co­mo “cho­can­te” e “de­plo­rá­vel” o acon­te­ci­men­to. “Is­so cer­ta­men­te se­rá de­vi­da­men­te es­cla­re­ci­do. Mas re­al­men­te se tra­ta de um epi­só­dio cho­can­te e de­plo­rá­vel pa­ra to­dos os tí­tu­los”, dis­se. O pre­si­den­te do TSE pe­diu ao Mi­nis­té­rio da Jus­ti­ça que a Po­lí­cia Fe­de­ral in­ves­ti­gue o as­sas­si­na­to.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.