Pla­nos de saú­de es­tão su­jei­tos à co­bran­ça de ISS

Correio da Bahia - - Brasil -

JUS­TI­ÇA O Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral (STF) de­ci­diu on­tem, por 8 vo­tos a 1, que as ope­ra­do­ras de pla­no de saú­de e de se­gu­ro-saú­de pres­tam ser­vi­ços e, por­tan­to, es­tão su­jei­tas à co­bran­ça de Im­pos­to So­bre Ser­vi­ço (ISS). O ple­ná­rio do STF ne­gou um re­cur­so apre­sen­ta­do pe­lo Hos­pi­tal Ma­re­chal Cân­di­do Ron­don, que tem um pla­no de saú­de pró­prio, con­tra a co­bran­ça do im­pos­to pe­lo mu­ni­cí­pio de Ma­re­chal Cân­di­do Ron­don, no Pa­ra­ná. O pro­ces­so tem re­per­cus­são ge­ral, ou se­ja, o en­ten­di­men­to dos mi­nis­tros da Cor­te de­ve­rá ser apli­ca­do em ins­tân­ci­as in­fe­ri­o­res pa­ra ca­sos si­mi­la­res. Exis­tem pe­lo me­nos 27 pro­ces­sos pa­re­ci­dos no país. O ca­so che­gou ao STF de­pois de o hos­pi­tal re­cor­rer de de­ci­são do Tri­bu­nal de Jus­ti­ça do Pa­ra­ná, que con­si­de­rou que o cen­tro mé­di­co es­ta­va su­jei­to à tri­bu­ta­ção por­que “ad­mi­nis­tra­ção de pla­nos de saú­de não se re­su­me a re­pas­ses de va­lo­res aos pro­fis­si­o­nais con­ve­ni­a­dos, mas con­fi­gu­ra re­al obri­ga­ção de fa­zer em re­la­ção aos seus usuá­ri­os, não se po­den­do ne­gar a exis­tên­cia de pres­ta­ção de ser­vi­ço”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.