24h Pe­la pro­te­ção do BON­FIM

Correio da Bahia - - Front Page - ALE­XAN­DRE LYRIO E AMAN­DA PAL­MA

Os an­ti­gos di­zi­am que mis­sa e ma­ré se es­pe­ra ao pé. Is­so por­que o mar e os pa­dres não atra­sam um mi­nu­to. É pre­ci­so ser pon­tu­al. Na úl­ti­ma sex­ta-fei­ra do mês, que por aca­so tam­bém foi a úl­ti­ma an­tes das elei­ções de ama­nhã, os dois can­di­da­tos que li­de­ram as pes­qui­sas cum­pri­ram a tra­di­ção e se ves­ti­ram de bran­co pa­ra pe­dir bên­çãos a Se­nhor do Bon­fim.

Mis­tu­ra­dos a fiéis, tu­ris­tas, cor­re­li­gi­o­ná­ri­os, can­di­da­tos a ve­re­a­dor e elei­to­res, ACM Ne­to e Ali­ce Por­tu­gal par­ti­ci­pa­ram ca­da um de uma mis­sa ce­le­bra­da na ba­sí­li­ca. Ali­ce, cu­ja agen­da pre­via par­ti­ci­pa­ção na mis­sa das 7h, che­gou no meio da se­gun­da ce­le­bra­ção do dia e se co­lo­cou nas pri­mei­ras fi­lei­ras. Ne­to, mais pon­tu­al, des­de as pri­mei­ras pa­la­vras de pa­dre Ed­son Me­ne­zes re­za­va do la­do di­rei­to do al­tar, na ce­le­bra­ção das 11h.

Emo­ci­o­na­dos, os pre­fei­tu­rá­veis re­cor­re­ram à fé pa­ra en­fren­tar os úl­ti­mos mo­men­tos de cam­pa­nha. Ca­da um fez um pe­di­do e um agra­de­ci­men­to. A can­di­da­ta do PC­doB con­ver­sou com mi­li­tan­tes, po­sou pa­ra fotos na saí­da e afir­mou que o mo­men­to era de agra­de­cer pe­los 45 di­as de cam­pa­nha. “Agra­de­cer por­que foi uma lin­da ca­mi­nha­da, com os abra­ços da po­pu­la­ção, com a ale­gria das cri­an­ças e com mui­tas pro­pos­tas”, dis­se.

De­pois de ba­ter pal­mas du­ran­te os cân­ti­cos, er­guer os bra­ços pe­din­do pi­e­da­de e can­tar fer­vo­ro­sa­men­te o hi­no ao Se­nhor do Bon­fim, Ne­to tam­bém agra­de­ceu. “A gen­te não con­se­gue ven­cer tan­tos de­sa­fi­os, tan­tas pro­va­ções à fren­te de uma pre­fei­tu­ra, se não for com fé. Agra­de­ço por ter con­se­gui­do en­fren­tar es­sa cam­pa­nha com tan­ta for­ça e fé”.

Rei­tor da ba­sí­li­ca, pa­dre Ed­son dis­se que a igre­ja acei­ta to­dos os par­ti­dos po­lí­ti­cos. “Hoje, te­mos uma mo­vi­men­ta­ção mui­to gran­de aqui. Além dos fiéis ha­bi­tu­ais, te­mos as vi­si­tas de can­di­da­tos e mi­li­tan­tes. Aco­lhe­mos a to­dos”. De­pois dos agra­de­ci­men­tos, o pe­di­do dos can­di­da­tos ao Se­nhor do Bon­fim.

“É um pe­di­do de pro­te­ção, e que o po­vo de Sal­va­dor re­fe­ren­de a nos­sa ida pa­ra o se­gun­do tur­no, que o de­ba­te se­rá ca­ra a ca­ra”, dis­se Ali­ce. Ne­to afir­mou que não ha­via o que pe­dir a não ser “que Se­nhor do Bon­fim es­co­lha o que for me­lhor pa­ra a ci­da­de”.

Após a mis­sa, Ali­ce fez ca­ra­va­na em Va­lé­ria. Ne­to fez ca­mi­nha­das no Su­búr­bio e foi a uma car­re­a­ta no Im­buí. Pas­tor Isi­dó­rio pas­sou o dia de on­tem fa­zen­do ca­mi­nha­das nos bair­ros – a mai­or de­las em Ca­ja­zei­ras. Cláu­dio Sil­va fez ca­mi­nha­das, se reu­niu com equi­pe de cam­pa­nha e se en­con­trou com li­de­ran­ças da Ri­bei­ra.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.