Mais em­pre­gos

Correio da Bahia - - Economia -

A ta­xa re­cor­de de de­sem­pre­go em qua­tro anos re­ve­la­da pe­la Pnad/IBGE, di­vul­ga­da on­tem, evi­den­cia bem mais que os 11,8% no ter­cei­ro tri­mes­tre, equi­va­len­te a 12 mi­lhões de de­sem­pre­ga­dos no país. Os nú­me­ros pro­vo­cam, mais uma vez, a re­fle­xão so­bre a re­la­ção de­sem­pre­go e edu­ca­ção. O que o Bra­sil tem fei­to pa­ra atrair os jo­vens que dei­xam a es­co­la pre­co­ce­men­te? O que po­de ser fei­to pa­ra tor­nar o en­si­no mais atra­ti­vo e mais vol­ta­do ao mer­ca­do de tra­ba­lho des­de ce­do? De acor­do com o IBGE, a ta­xa de de­sem­pre­go en­tre os jo­vens bra­si­lei­ros che­ga a 26%, en­quan­to a mé­dia mun­di­al é de 13,1%, con­for­me a Or­ga­ni­za­ção In­ter­na­ci­o­nal do Tra­ba­lho (OIT). É pre­ci­so in­ves­tir mais em qua­li­fi­ca­ção pa­ra au­men­tar a com­pe­ti­ti­vi­da­de bra­si­lei­ra, que es­te ano caiu pa­ra a 81ª po­si­ção no ran­king do Fó­rum Econô­mi­co Mun­di­al – pi­or po­si­ção des­de 1997. Quan­do o as­sun­to é qua­li­fi­ca­ção de mão de obra, o Bra­sil amar­ga a 78ª co­lo­ca­ção, ain­da se­gun­do o Fó­rum.

lucy.bar­re­to@re­de­bahia.com.br

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.