ONU cri­ti­ca anu­la­ção de jú­ri do Ca­ran­di­ru

Correio da Bahia - - Brasil -

IM­PU­NI­DA­DE A Or­ga­ni­za­ção das Na­ções Uni­das (ONU) ata­cou a de­ci­são do Tri­bu­nal de Jus­ti­ça de São Pau­lo (TJ-SP) de anu­lar os jul­ga­men­to de po­li­ci­ais mi­li­ta­res con­de­na­dos pe­lo mas­sa­cre do Ca­ran­di­ru, em que 111 de­ten­tos fo­ram mor­tos em 1992. Se­gun­do a en­ti­da­de, a anu­la­ção “man­da uma men­sa­gem pre­o­cu­pan­te de im­pu­ni­da­de” e ape­la pa­ra que as au­to­ri­da­des con­de­nem os res­pon­sá­veis. Os 74 po­li­ci­ais mi­li­ta­res acu­sa­dos de par­ti­ci­par dos as­sas­si­na­tos fo­ram jul­ga­dos, en­tre 2001 e 2014, em cin­co tri­bu­nais di­fe­ren­tes. Em to­das as oca­siões, o jú­ri de­ci­diu, por una­ni­mi­da­de, pe­la con­de­na­ção. As pe­nas va­ri­am de 48 a mais de 620 anos de pri­são. Mas, na úl­ti­ma ter­ça (27), o Tri­bu­nal de Jus­ti­ça de São Pau­lo anu­lou os jul­ga­men­tos. Com a de­ci­são, os

PMs te­rão di­rei­to a um no­vo pro­ces­so. O Mi­nis­té­rio Pú­bli­co in­for­mou que vai re­cor­rer. “De­plo­ra­mos a de­ci­são da Cor­te”, dis­se Cé­ci­le Pouilly, por­ta-voz do Al­to Co­mis­sa­ri­a­do da ONU pa­ra Di­rei­tos Hu­ma­nos. “Pe­di­mos às au­to­ri­da­des que ga­ran­tam que os res­pon­sá­veis se­jam jul­ga­dos e con­de­na­dos e se as­se­gu­rem os di­rei­tos das ví­ti­mas e dos fa­mi­li­a­res que têm es­pe­ra­do por Jus­ti­ça há 24 anos”, afir­mou.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.