Du­pla co­me­mo­ra­ção

Correio da Bahia - - Front Page - Ale­xan­dro Mo­ta ale­xan­dro.mo­ta@re­de­bahia.com.br

Re­cor­dis­ta de vo­tos, Ne­to faz fes­ta no Su­búr­bio e no Rio Ver­me­lho

Du­as ho­ras após as ur­nas con­fir­ma­rem a re­e­lei­ção de ACM Ne­to (DEM) com 73,99% dos vo­tos vá­li­dos, o me­lhor de­sem­pe­nho no pri­mei­ro tur­no em Sal­va­dor des­de a re­de­mo­cra­ti­za­ção, o prefeito se­guiu di­re­to pa­ra o Su­búr­bio, cum­prin­do o mes­mo ri­tu­al de 2012, quan­do ven­ceu a dis­pu­ta con­tra Nel­son Pe­le­gri­no (PT).

Lo­go ao che­gar, fez co­re­o­gra­fi­as, pe­gou o mi­cro­fo­ne, can­tou o seu jin­gle de cam­pa­nha ao la­do do pa­go­dei­ro Már­cio Victor, da ban­da Psi­ri­co e pe­diu pa­ra a mul­ti­dão sair do chão. “Sou do gue­to e gos­to de fes­ta com vo­cês”, co­me­mo­rou, em ci­ma de um trio es­ta­ci­o­na­do em Pe­ri­pe­ri. Era o iní­cio de uma co­me­mo­ra­ção que só ter­mi­nou no Lar­go da Ma­ri­qui­ta, Rio Ver­me­lho.

O po­lí­ti­co não eco­no­mi­zou emo­ção na fes­ta da vi­tó­ria. Além de dan­çar, aten­deu o pe­di­do de Már­cio Victor e fez a co­nhe­ci­da po­se de Usain Bolt, ve­lo­cis­ta ja­mai­ca­no co­nhe­ci­do pe­la for­ma des­con­traí­da de co­me­mo­rar. Com os céus do Su­búr­bio ilu­mi­na­do por fo­gos de ar­ti­fí­cio, Ne­to tam­bém cho­rou nos om­bros do can­tor, a quem cha­mou de “ir­mão”.

“Qua­tro anos atrás, a gen­te co­me­mo­rou aqui no Su­búr­bio, mas a gen­te não ti­nha ven­ci­do as elei­ções aqui. Ho­je, eu pos­so di­zer: sou o prefeito de Sal­va­dor, mas tam­bém sou o prefeito do Su­búr­bio”, afir­mou, sob gri­tos do pú­bli­co que lo­tou a Pra­ça Lions Club In­ter­na­ci­o­nal, na Su­bur­ba­na, área an­tes co­nhe­ci­da por re­ce­ber as co­me­mo­ra­ções de políticos de es­quer­da.

No Su­búr­bio, ACM Ne­to fi­cou por 40 mi­nu­tos. Na co­mi­ti­va do de­mo­cra­ta, es­ta­vam as­ses­so­res, ve­re­a­do­res, se­cre­tá­ri­os e ex-se­cre­tá­ri­os, além da noi­va, a pu­bli­ci­tá­ria Ta­tá Ca­nhe­do. Mas quem não des­gru­dou mes­mo do prefeito foi o seu no­vo vi­ce, Bru­no Reis (PMDB). “Ago­ra é ho­ra de tra­ba­lhar”, afir­mou o pe­e­me­de­bis­ta, pa­ra quem o pla­ne­ja­men­to da no­va ges­tão já co­me­ça ho­je.

Du­ran­te a fes­ta, o prefeito e o gru­po de ali­a­dos não dei­xa­ram de al­fi­ne­tar a opo­si­ção, pe­la vi­tó­ria com 982.246 vo­tos, con­tra os 193.102 re­ce­bi­dos por Ali­ce Por­tu­gal (PC­doB), se­gun­da co­lo­ca­da. “E aí, é nós, de­pois de nós, é nós de no­vo”, can­tou Már­cio Victor. “Es­sa mú­si­ca tem tu­do a ver com Ne­to, não so­brou na­da pa­ra os ini­mi­gos”, emen­dou o can­tor. O ter­cei­ro lu­gar na dis­pu­ta, Pas­tor Sar­gen­to Isi­dó­rio (PDT), foi es­co­lhi­do por 114. 291 elei­to­res. Os de­mais ad­ver­sá­ri­os não ul­tra­pas­sa­ram os 20 mil vo­tos.

Já no Rio Ver­me­lho, Ne­to can­tou com a ban­da Ave­ni­da Se­te pa­ra um pú­bli­co me­nor, mas ani­ma­do com ban­dei­ras e ade­si­vos da cam­pa­nha. “Não per­di a opor­tu­ni­da­de de ver ele (o prefeito). Acho que o re­sul­ta­do é fru­to do que o po­vo viu”, dis­se a do­na de ca­sa Cé­lia dos San­tos, 35 anos, mo­ra­do­ra do Nor­des­te de Ama­ra­li­na. Nos dois even­tos, o de­mo­cra­ta evi­tou dis­cur­sos e en­tre­vis­tas. Em bre­ve con­ver­sa com a imprensa, afir­mou que sa­be a res­pon­sa­bi­li­da­de con­fe­ri­da a ele pe­las ur­nas.

PA­NO­RA­MA

A elei­ção em Sal­va­dor tam­bém mu­dou o per­fil da Câmara de Ve­re­a­do­res, que ob­te­ve re­no­va­ção de 35%, 15 dos 43 par­la­men­ta­res. Par­te de­les, além de com­ple­tos des­co­nhe­ci­dos na po­lí­ti­ca lo­cal, ain­da con­quis­ta­ram lu­gar nos cam­peões de vo­to.

A dis­pu­ta tam­bém mu­dou o ta­bu­lei­ro do po­der na Bahia. A opo­si­ção am­pli­ou es­pa­ço nos mai­o­res co­lé­gi­os elei­to­rais do in­te­ri­or. No res­to do Bra­sil, só oi­to ca­pi­tais ti­ve­ram pre­fei­tos elei­tos no pri­mei­ro tur­no. A sur­pre­sa foi São Pau­lo. Pa­ra ler a co­ber­tu­ra com­ple­ta, é so vi­rar a pá­gi­na.

Re­e­lei­to com vo­ta­ção re­cor­de no pri­mei­ro tur­no em Sal­va­dor, ACM Ne­to é se­gui­do por uma mul­ti­dão ao che­gar pa­ra fes­ta no Rio Ver­me­lho

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.