Elei­ções, con­fu­sões, pa­re­dões

Correio da Bahia - - Seu Voto - Ale­xan­dre Ly­rio ale­xan­dre.ly­rio@re­de­bahia.com.br

A nos­sa equi­pe de re­por­ta­gem se­quer ha­via che­ga­do ao seu pri­mei­ro des­ti­no. Em uma la­dei­ra que dá aces­so ao bair­ro de Pau da Li­ma, um mo­to­ci­clis­ta pa­rou na nos­sa fren­te, apon­tou pa­ra den­tro do car­ro e dis­se al­gu­ma coi­sa em tom de ame­a­ça. “Eu não sei o que ele fa­lou. Só sei que es­ta­va com ca­ra de pou­cos ami­gos”, nar­rou o mo­to­ris­ta Flo­ris­val­do Oli­vei­ra, sem ter a mí­ni­ma ideia do mo­ti­vo da ame­a­ça. “Tal­vez ele te­nha acha­do que eu fe­chei ele”, supôs.

Era o pri­mei­ro si­nal de que o nos­so dia elei­to­ral se­ria ten­so. Lo­go na pri­mei­ra pa­ra­da, pró­xi­mo à Es­co­la Mu­ni­ci­pal Clé­ris­ton An­dra­de, no bair­ro de São Marcos, fo­mos ame­a­ça­dos por um mi­li­tan­te que fa­zia bo­ca de ur­na pa­ra o can­di­da­to Gil­ci­mar, do PT. Nos­sa equi­pe re­gis­tra­va imagens da mo­vi­men­ta­ção nas ru­as quan­do o ho­mem, ain­da não iden­ti­fi­ca­do, co­me­çou a bra­dar pa­ra que eu apa­gas­se as imagens fei­tas com o ce­lu­lar.

AME­A­ÇAS

“Apa­gue! Apa­gue o ví­deo! Eu saí no ví­deo! Apa­gue! Vo­cê gra­vou a mi­nha ima­gem! Eu que­ro que vo­cê apa­gue o ví­deo”, dis­se o ra­paz, vi­si­vel­men­te al­te­ra­do. “Eu es­tou tra­ba­lhan­do. Vo­cê não po­de im­pe­dir que eu fa­ça meu tra­ba­lho”, re­tru­quei.

O tom do su­jei­to se tor­nou ain­da mais ame­a­ça­dor. “Se sair al­gu­ma coi­sa mi­nha, eu vou atrás de vo­cê on­de es­ti­ver”. E pi­o­rou. “Vou cha­mar os me­ni­nos da bo­ca pa­ra te pe­gar. Vo­cê não sai da­qui sem apa­gar o ví­deo”, in­sis­tiu.

As ame­a­ças só pa­ra­ram quan­do avis­ta­mos uma du­pla de po­li­ci­ais mi­li­ta­res cir­cu­lan­do no meio da mul­ti­dão que, além de vo­tar, fa­zia de tu­do um pou­co na 19ª Zo­na Elei­to­ral, que tem 27 lo­cais de vo­ta­ção e 86.681 elei­to­res ap­tos.

A po­lí­cia que­ria le­var to­dos pa­ra a de­le­ga­cia, mas de­ci­di­mos dei­xar pa­ra pres­tar quei­xa ho­je. Nin­guém foi pre­so em São Marcos, mas a po­lí­cia re­gis­trou 266 ocor­rên­ci­as em ou­tros lu­ga­res, com 24 pri­sões na Bahia.

Re­pór­ter re­la­ta ame­a­ça em dia de ten­são, su­jei­ra e di­ver­são nas ru­as

VA­LE TU­DO

A ma­nhã de elei­ções em al­guns bair­ros po­pu­la­res da ca­pi­tal se­guiu ten­sa. Mais à fren­te, em Cas­te­lo Bran­co, o pá­tio do Co­lé­gio Rai­mun­do de Al­mei­da Gouveia vi­rou es­ta­ci­o­na­men­to de mo­tos ir­re­gu­la­res. Em uma blitz so­li­tá­ria, um po­li­ci­al pa­ra­va mo­to­ci­cle­tas sem pla­cas e des­car­gas. De­ze­nas de mo­to­ci­clis­tas, a mai­o­ria sem ca­pa­ce­tes, apro­vei­ta­vam a “anis­tia elei­to­ral” pa­ra fa­zer ma­no­bras ar­ris­ca­das.

“Eles ti­ram as pla­cas pa­ra não ser iden­ti­fi­ca­dos e não usam des­car­gas pa­ra fa­zer ba­ru­lho. Es­ta­mos ten­tan­do con­ter de al­gu­ma for­ma”, dis­se o PM, sem se iden­ti­fi­car. “Nos­so efe­ti­vo é pe­que­no pa­ra dar con­ta”. À tar­de, na por­ta de co­lé­gi­os elei­to­rais de bair­ros do Su­búr­bio Fer­ro­viá­rio, pou­ca po­lí­cia e mui­ta con­fu­são.

Uma re­pór­ter da TV Ara­tu de­nun­ci­ou que foi as­se­di­a­da por elei­to­res que en­tra­vam bê­ba­dos nas se­ções. “Mui­tos

Em Cas­te­lo Bran­co, mo­to­ci­clis­tas fla­gra­dos sem ca­pa­ce­te. Trân­si­to tam­bém fi­cou com­pli­ca­do na re­gião

Na Fe­de­ra­ção, san­ti­nhos de candidatos dei­xa­ram as ru­as co­ber­tas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.