24h Pa­ra­ná é o pri­mei­ro es­ta­do a re­ce­ber va­ci­na gra­tui­ta con­tra den­gue

Correio da Bahia - - Brasil -

SAÚ­DE A pri­mei­ra va­ci­na con­tra a den­gue já es­tá aces­sí­vel, gra­tui­ta­men­te, pa­ra a po­pu­la­ção de 30 mu­ni­cí­pi­os do Pa­ra­ná. Em­bo­ra ain­da não exis­ta pre­vi­são pa­ra que ou­tras re­giões do país se­jam be­ne­fi­ci­a­das pe­la no­vi­da­de, a es­pe­ra não de­ve ser lon­ga. A no­tí­cia é co­me­mo­ra­da por es­pe­ci­a­lis­tas, mas o pes­qui­sa­dor João Bos­co Si­quei­ra Jú­ni­or, da Uni­ver­si­da­de Fe­de­ral de Goiás (UFG), aler­ta que é pre­ci­so do­sar a eu­fo­ria, já que le­va tem­po en­tre a in­tro­du­ção de uma va­ci­na e a per­cep­ção de seu im­pac­to na saú­de da po­pu­la­ção. O la­bo­ra­tó­rio fran­cês Sa­no­fi Pas­teur é o res­pon­sá­vel pe­lo de­sen­vol­vi­men­to da va­ci­na con­tra a do­en­ça, que é trans­mi­ti­da pe­la pi­ca­da do mos­qui­to Ae­des aegyp­ti. Co­mo não há mui­tos ca­sos de den­gue na França, a ava­li­a­ção de cam­po ocor­reu na Ásia e na Amé­ri­ca La­ti­na, in­cluin­do o Bra­sil. O imu­ni­zan­te é in­di­ca­do pa­ra pes­so­as en­tre 9 e 45 anos e de­ve ser apli­ca­do em três do­ses com in­ter­va­los de seis me­ses. Re­gis­tra­da em de­zem­bro de 2015 na Agên­cia Na­ci­o­nal de Vi­gi­lân­cia Sa­ni­tá­ria (An­vi­sa), a pri­mei­ra cam­pa­nha da va­ci­na aten­deu à re­de pú­bli­ca do Pa­ra­ná, em ju­lho. A pri­mei­ra dose já foi dis­tri­buí­da a 30 mu­ni­cí­pi­os. Em 28 de­les, a cam­pa­nha tem co­mo pú­bli­co-alvo pes­so­as en­tre 15 e 27 anos. Nas ou­tras du­as ci­da­des, aten­de à fai­xa etá­ria en­tre 9 a 45 anos. En­quan­to não che­ga à re­de pú­bli­ca de ou­tros es­ta­dos, a va­ci­na po­de ser en­con­tra­da em hos­pi­tais e clí­ni­cas de imu­ni­za­ção pri­va­dos. O cus­to pa­ra os es­ta­be­le­ci­men­tos va­ria en­tre R$ 132 e R$ 138, con­for­me de­ter­mi­nou a Câmara de Re­gu­la­ção do Mer­ca­do de Me­di­ca­men­tos (Cmed). Pa­ra o con­su­mi­dor, o va­lor sai mais ca­ro. Co­mo, em um pri­mei­ro mo­men­to, não ha­ve­rá va­ci­na pa­ra to­dos, o com­ba­te ao mos­qui­to pre­ci­sa con­ti­nu­ar. “A va­ci­na só pro­te­ge con­tra a den­gue e nós te­mos tam­bém a zi­ka e a fe­bre chi­kun­gunya. O mos­qui­to ain­da trans­mi­te a fe­bre ama­re­la, em­bo­ra se­ja uma do­en­ça que já te­nha va­ci­na. E mes­mo que, no fu­tu­ro, te­nha­mos va­ci­na pa­ra zi­ka e fe­bre chi­kun­gunya, o com­ba­te ao Ae­des não aca­ba. Es­tes mos­qui­tos são mui­to ca­pa­zes de trans­mi­tir ví­rus e podem se adap­tar pa­ra dis­se­mi­nar no­vas do­en­ças. Além dis­so, ou­tros ví­rus podem se ade­quar ao mos­qui­to”, ava­lia Si­quei­ra Jú­ni­or.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.