Mar­ce­nei­ro exe­cu­ta­do em pon­to de ôni­bus pró­xi­mo ao Cam­po San­to

Correio da Bahia - - Bahia - HILZA COR­DEI­RO

FE­DE­RA­ÇÃO O mar­ce­nei­ro Luis Ro­ber­to As­sis da Cruz, 22 anos, foi mor­to a ti­ros on­tem, na Rua Caetano Mou­ra, pró­xi­mo ao Ce­mi­té­rio Cam­po San­to, por vol­ta das 15h. A au­to­ria do cri­me e a mo­ti­va­ção se­rão apu­ra­das pe­la po­lí­cia. De acor­do com tes­te­mu­nhas, dois ho­mens pas­sa­ram pri­mei­ro nu­ma mo­to, vi­ram Luis e re­tor­na­ram a pé pa­ra ma­tá-lo. Fo­ram di­ver­sos ti­ros con­tra a ví­ti­ma, que es­ta­va no pon­to de ôni­bus e mor­reu no lo­cal. “De­pois do cri­me, eles fu­gi­ram no sen­ti­do da Rua 13, que dá aces­so à Ga­ri­bal­di”, dis­se a de­le­ga­da Ma­ri­le­ne Li­ma, do De­par­ta­men­to de Ho­mi­cí­di­os e Pro­te­ção à Pes­soa (DHPP). A pe­rí­cia, no lo­cal, con­tou 15 dis­pa­ros, que atin­gi­ram vá­ri­as par­tes do cor­po de Luis, co­mo mão, an­te­bra­ço, ca­be­ça e pei­to. Um car­ro mo­de­lo Golf pra­ta tam­bém fi­cou com mar­cas de ba­las. “Pe­lo jei­to, des­car­re­ga­ram a ar­ma. To­do mun­do cor­reu, a rua fi­cou um de­ser­to. Eu só fiz me abai­xar. Acho que o pon­to es­ta­va mais ou me­nos cheio na ho­ra”, con­tou um co­mer­ci­an­te do lo­cal. Tes­te­mu­nhas ain­da dis­se­ram que, ao ou­vir os ti­ros, cor­re­ram em di­re­ção ao Hos­pi­tal Sal­va­dor e à Es­co­la Po­li­téc­ni­ca da Uf­ba. Um gru­po de es­tu­dan­tes se es­con­deu na uni­ver­si­da­de e viu qu­an­do três vi­a­tu­ras da PM pas­sa­ram em al­ta ve­lo­ci­da­de, em di­re­ção ao lo­cal do cri­me, pa­ra aten­der à ocor­rên­cia. Os fa­mi­li­a­res in­for­ma­ram que o mar­ce­nei­ro es­ta­va en­vol­vi­do com cri­mes já há al­gum tem­po e es­ta­va ten­tan­do re­co­me­çar a vi­da. “Ele foi se en­vol­ver com o que não pres­ta e deu nis­so. Es­se é um mun­do fá­cil de en­trar e di­fí­cil de sair. A gen­te ten­tou ori­en­tar, cha­ma­mos pa­ra ir pa­ra a igre­ja, pe­di­mos pa­ra ele se mu­dar da­qui e ir mo­rar com mi­nha avó em Ca­ja­zei­ras, mas ele não quis”, de­sa­ba­fou uma ir­mã. Tam­bém se­gun­do os pa­ren­tes, Luis já ti­nha si­do pre­so por fur­to. An­te­on­tem, um ho­mem mor­reu e du­as pes­so­as fi­ca­ram fe­ri­das nu­ma tro­ca de ti­ros en­tre fac­ções, no Ca­la­bar, pró­xi­mo ao Al­to das Pom­bas, on­de Luis mo­ra­va. As ví­ti­mas fo­ram so­cor­ri­das por mo­ra­do­res pa­ra o HGE. A po­lí­cia ain­da não con­fir­ma a re­la­ção en­tre os dois cri­mes.

Pa­ren­tes da ví­ti­ma se de­ses­pe­ram na Rua Caetano Mou­ra, lo­cal do cri­me

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.