Bol­sa so­be e dó­lar cai em re­a­ção a re­sul­ta­dos das elei­ções mu­ni­ci­pais

Correio da Bahia - - Economia -

MER­CA­DOS O Ibo­ves­pa, prin­ci­pal ín­di­ce da Bol­sa de Va­lo­res de São Pau­lo, fe­chou o pre­gão de on­tem em al­ta e a co­ta­ção do dó­lar em bai­xa. Se­gun­do ana­lis­tas de mer­ca­do, a mo­vi­men­ta­ção dos ne­gó­ci­os on­tem foi em re­a­ção aos re­sul­ta­dos das elei­ções de do­min­go, qu­an­do os par­ti­dos ali­a­dos ao no­vo go­ver­no fe­de­ral ven­ce­ram nas prin­ci­pais ci­da­des do País, fa­to li­do pe­los ana­lis­tas co­mo uma si­na­li­za­ção de apoio ao pre­si­den­te Mi­chel Te­mer e a sua agen­da de re­for­mas e ajus­te fis­cal.

O dó­lar co­mer­ci­al fe­chou a R$ 3,206, re­cuo de R$ 0,046 (-1,41%). Tra­ta-se do me­nor va­lor da mo­e­da nor­te-ame­ri­ca­na des­de 22 de agos­to (R$ 3,202). Já o Ibo­ves­pa en­cer­rou o dia aos 59.461 pon­tos, al­ta de 1,87%. Es­sa foi a mai­or al­ta diá­ria des­de 2 de se­tem­bro, qu­an­do o in­di­ca­dor su­biu 2,37%. No acumulado de 2016, o dó­lar acu­mu­la que­da de 18,8%; e o Ibo­ves­pa, al­ta de 37,2%. En­tre as 58 ações que com­põem o Ibo­ves­pa, ape­nas três fe­cha­ram em bai­xa: Ru­mo ON (-0,47%), Am­bev ON (-0,35% e Fi­bria ON (-0,09%). Já as mai­o­res al­tas fo­ram de Bra­des­par PN (+5,53%), CSN ON (+4,62% e Qu­a­li­corp ON (+4,17%). O ín­di­ce tam­bém foi pu­xa­do pa­ra ci­ma com as al­tas da Pe­tro­bras, que re­gis­tra­ram ga­nhos de 2,97% (ON, or­di­ná­ri­as, que dão di­rei­to a vo­to) e de 2,95% (PN, pre­fe­ren­ci­ais, que são pri­o­ri­tá­ri­as no pa­ga­men­to de di­vi­den­dos), re­fle­tin­do a al­ta do pe­tró­leo no mer­ca­do in­ter­na­ci­o­nal e tam­bém o ce­ná­rio po­lí­ti­co bra­si­lei­ro. Os pa­péis da Va­le, uma das mai­o­res ex­por­ta­do­ras bra­si­lei­ras, tam­bém avan­ça­ram: 1,63%, or­di­ná­ri­as e 2,27%, pre­fe­ren­ci­ais.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.