Bahia na ro­ta de re­cen­tes es­cân­da­los

Correio da Bahia - - Mais -

ou­tros dois de­la­to­res de­ram as in­for­ma­ções que ori­gi­na­ram a ope­ra­ção Hi­dra de Ler­na: o em­pre­sá­rio Be­ne­di­to Ro­dri­gues de Oli­vei­ra, o Be­né, in­ves­ti­ga­do co­mo ope­ra­dor do cai­xa 2 pa­ra a campanha de Pi­men­tel, e sua ex-se­cre­tá­ria, Va­nes­sa Da­ni­el­la Pi­men­ta Ri­bei­ro. Am­bos re­ve­la­ram o pa­ga­men­to de pro­pi­na da Pro­peg so­bre o con­tra­to com o Mi­nis­té­rio das Ci­da­des, do qual Be­né te­ria ser­vi­do co­mo in­ter­mé­dio de Ne­gro­mon­te.

OU­TRO LA­DO

Em no­ta, o go­ver­na­dor Rui Cos­ta dis­se ter re­ce­bi­do “com es­tra­nhe­za e in­dig­na­ção a no­tí­cia, di­vul­ga­da por al­guns veí­cu­los de co­mu­ni­ca­ção lo­cais e na­ci­o­nais”, de que es­ta­ria sen­do in­ves­ti­ga­do pe­la Po­lí­cia Fe­de­ral. O go­ver­na­dor dis­se ain­da des­co­nhe­cer a in­ves­ti­ga­ção (leia mais na pá­gi­na ao la­do).

Tam­bém por no­ta, Ne­gro­mon­te ga­ran­tiu ino­cên­cia das acusações e de­cla­rou que não há pro­vas con­tra ele. “Até o mo­men­to, ine­xis­te qual­quer in­dí­cio ma­te­ri­al que cor­ro­bo­re as de­cla­ra­ções de qual­quer co­la­bo­ra­dor em meu des­fa­vor, mui­to em­bo­ra as in­ves­ti­ga­ções já se ar­ras­tem por mais de dois anos”, ar­gu­men­tou o ex-mi­nis­tro.

A Pro­peg di­vul­gou um co­mu­ni­ca­do no qual diz que “tem au­xi­li­a­do, por ini­ci­a­ti­va pró­pria, des­de ju­nho des­te ano, as au­to­ri­da­des ju­di­ci­ais pa­ra es­cla­re­cer e apu­rar os fa­tos in­ves­ti­ga­dos”. Afir­ma ain­da que os fa­tos em apu­ra­ção não pos­su­em qual­quer co­ne­xão com o PT, o go­ver­na­dor da Bahia e a OAS. A em­prei­tei­ra não co­men­tou o as­sun­to. Es­ta é a no­na vez que a Bahia en­tra na ro­ta dos re­cen­tes es­cân­da­los na­ci­o­nais de cor­rup­ção. An­tes, o es­ta­do foi al­vo de oi­to fa­ses da Ope­ra­ção La­va Ja­to, de­fla­gra­da pa­ra apu­rar o es­que­ma na Pe­tro­bras. Em fe­ve­rei­ro de 2015, o es­ta­do en­trou na 9ª fa­se, cha­ma­da de “My Way”, que ex­pe­diu dois man­da­dos de bus­ca e apre­en­são e uma pri­são pre­ven­ti­va na ca­pi­tal.

A Bahia vol­tou a apa­re­cer no ma­pa da PF em abril do mes­mo ano, na 11ª fa­se da La­va Ja­to, ape­li­da­da de “A Ori­gem”, em que o ex-de­pu­ta­do bai­a­no Luiz Argô­lo (SD) foi pre­so sus­pei­to de des­vi­os de re­cur­sos da es­ta­tal.

Em no­vem­bro, já na 20ª fa­se, cha­ma­da de “Cor­ro­são” ex-fun­ci­o­ná­ri­os da Pe­tro­bras fo­ram in­ves­ti­ga­dos pe­lo re­ce­bi­men­to in­de­vi­do de va­lo­res de em­pre­sas con­tra­ta­das e frau­de na com­pra da re­fi­na­ria de Pa­sa­de­na, sen­do con­du­zi­dos co­er­ci­ti­va­men­te.

A 23ª, 24ª e 26ª fa­ses, ape­li­da­das de Ope­ra­ção Aca­ra­jé, Aletheia e Xe­pa, res­pec­ti­va­men­te, mi­ra­ram no­va­men­te a Bahia. Em mar­ço des­te ano, a 23ª fa­se cum­priu man­da­do de pri­são con­tra o pu­bli­ci­tá­rio bai­a­no João San­ta­na e sua es­po­sa, Mô­ni­ca Mou­ra, de­pois que in­ves­ti­ga­do­res iden­ti­fi­ca­ram con­tas no ex­te­ri­or com ori­gem não de­cla­ra­da. Tam­bém nes­ta fa­se foi pre­sa tem­po­ra­ri­a­men­te, em Per­nam­bués, uma fun­ci­o­ná­ria ad­mi­nis­tra­ti­va da Ode­bre­cht.

Na 24ª fa­se, cin­co man­da­dos de bus­ca e apre­en­são e um de con­du­ção co­er­ci­ti­va fo­ram de­cre­ta­dos con­tra pes­so­as en­vol­vi­das em es­que­ma cri­mi­no­so ain­da re­la­ci­o­na­do à Pe­tro­bras. A 26ª fa­se foi da­da co­mo um des­do­bra­men­to da Ope­ra­ção Aca­ra­jé, em mar­ço des­te ano, qu­an­do 11 man­da­dos de bus­ca e apre­en­são fo­ram cum­pri­do.

Em se­tem­bro, na 34ª fa­se, de­no­mi­na­da Arquivo X, uma pri­são tem­po­rá­ria e uma bus­ca e apre­en­são fo­ram re­a­li­za­das em Sal­va­dor, re­fe­ren­tes a con­tra­tos de em­pre­sas pa­ra a cons­tru­ção de pla­ta­for­mas de ex­plo­ra­ção de pe­tró­leo. A ca­pi­tal tam­bém foi al­vo da Omer­tá, con­tra o ex-mi­nis­tro An­to­nio Pa­loc­ci.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.