Planejamento é a ba­se pa­ra o su­ces­so do ne­gó­cio

Correio da Bahia - - Mais -

Pa­ra mui­tas em­pre­sas, a ideia ge­ni­al e ino­va­do­ra é um bom co­me­ço pa­ra o su­ces­so. “Mas is­so não bas­ta”, afir­ma o su­pe­rin­ten­den­te do Se­brae-BA, Adh­van Fur­ta­do. De acor­do com ele, ter um bom pla­no de ne­gó­cio é fun­da­men­tal. “Planejamento é a ba­se pa­ra o que a em­pre­sa pre­ten­de fa­zer. É ne­ces­sá­rio es­tu­dar o mer­ca­do e sa­ber se há de­man­da pa­ra aque­le pro­du­to ou ser­vi­ço, en­tre ou­tras me­di­das que an­te­ce­dem a im­plan­ta­ção da em­pre­sa”, com­ple­ta. Ou­tra es­tra­té­gia pa­ra fa­zer o ne­gó­cio dar certo é co­nhe­cer bem os cli­en­tes e es­tar pró­xi­mo de­les. “É pre­ci­so es­tar co­nec­ta­do com as no­vas for­mas de co­mu­ni­ca­ção”, diz Fur­ta­do. Não é à toa que as gran­des em­pre­sas mun­di­ais já ade­ri­ram às re­des so­ci­ais, uti­li­za­ção de ca­nais de ví­deo e apli­ca­ti­vos co­mo for­ma de co­mu­ni­car su­as mar­cas, in­de­pen­den­te da área de atu­a­ção. Há ain­da re­cei­tas in­ter­nas de su­ces­so que re­fle­tem no pro­du­to fi­nal. Exem­plo dis­so é o in­ves­ti­men­to em uma boa re­de de for­ne­ce­do­res. “Bus­car ino­var e ofe­re­cer um ser­vi­ço di­fe­ren­ci­a­do tam­bém são im­pres­cin­dí­veis”, con­clui.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.