Es­por­te

Correio da Bahia - - Vida - Mi­ro Palma mi­ro.palma@re­de­bahia.com.br

Bra­sil en­fren­ta a Bo­lí­via e vai em bus­ca da ter­cei­ra vi­tó­ria se­gui­da

O cli­ma na Se­le­ção Bra­si­lei­ra não po­de­ria ser me­lhor. Após a che­ga­da do téc­ni­co Ti­te, du­as vi­tó­ri­as e a vi­ce-li­de­ran­ça das Eli­mi­na­tó­ri­as da Amé­ri­ca do Sul pa­ra a Co­pa do Mun­do de 2018, na Rús­sia. A di­fe­ren­ça pa­ra o lí­der Uru­guai é de ape­nas um pon­ti­nho.

Por is­so, a to­tal con­fi­an­ça em mais um triun­fo na par­ti­da de ho­je, às 21h45, con­tra a Bo­lí­via, oi­ta­va co­lo­ca­da no tor­neio, com se­te pon­tos. Ape­sar da dis­pa­ri­da­de en­tre as equi­pes, o dis­cur­so dos jo­ga­do­res é de mui­ta cau­te­la e res­pei­to ao ad­ver­sá­rio no es­tá­dio Are­na das Du­nas, em Na­tal.

O la­te­ral Fi­li­pe Luís, subs­ti­tu­to do le­si­o­na­do Mar­ce­lo no la­do es­quer­do, fez ques­tão de aler­tar. “Eles jo­ga­rão mais fe­cha­dos, é com­pli­ca­do en­trar. Te­re­mos que ter mui­ta cri­a­ti­vi­da­de com a bo­la nos pés e aten­ção aos con­tra-ata­ques. Não vai ser fá­cil, ho­je no fu­te­bol nun­ca é, mas te­mos que fa­zer o me­lhor pos­sí­vel, por­que es­sa vi­tó­ria tem que ser nos­sa”, avi­sou o ca­mi­sa 6.

Além de­le, o Bra­sil te­rá mais três mu­dan­ças em re­la­ção ao ti­me que der­ro­tou a Colôm­bia por 2x1, na ro­da­da pas­sa­da. O vo­lan­te Ca­se­mi­ro tam­bém es­tá con­tun­di­do e se­rá subs­ti­tuí­do por Fer­nan­di­nho, do Man- ches­ter City. Giu­li­a­no, do Ze­nit, en­tra na va­ga do vo­lan­te Pau­li­nho, sus­pen­so pe­lo ter­cei­ro car­tão ama­re­lo. O jo­ga­dor pro­me­te não des­per­di­çar a opor­tu­ni­da­de. “Te­nho a cons­ci­ên­cia de que tam­bém sou da con­fi­an­ça do Ti­te. Ele es­tá me dan­do opor­tu­ni­da­de. Se me cha­mou é por­que con­fia em mim. Te­nho que fa­zer o meu me­lhor, é a chan­ce da mi­nha vi­da. Sei que te­nho ca­pa­ci­da­de de es­tar aqui, de aju­dar, de con­tri­buir com a Se­le­ção”.

A ou­tra mo­di­fi­ca­ção é por op­ção téc­ni­ca. A en­tra­da do meia Phi­lip­pe Coutinho no lu­gar de Wil­li­an foi uma mu­dan­ça cons­truí­da nos dois primeiros jo­gos sob o co­man­do de Ti­te. O jo­ga­dor do Li­ver­po­ol foi re­ser­va con­tra Equa­dor e Colôm­bia mas, ao ir a cam­po no se­gun­do tem­po nas du­as oca­siões e dar boa di­nâ­mi­ca na mo­vi­men­ta­ção pe­los la­dos do cam­po, to­mou a pre­fe­rên­cia an­tes da­da a Wil­li­an, que foi o ti­tu­lar. Co­mo Ney­mar atua de for­ma mais agu­da na es­quer­da, Coutinho jo­ga­rá na di­rei­ta com o ob­je­ti­vo de equi­li­brar a equi­pe e fa­zer uma es­pé­cie de flu­tu­a­ção, que con­sis­te em sair da ponta pa­ra o meio.

Ape­sar de dis­pu­ta­rem a va­ga de ti­tu­lar, Coutinho e Wil­li­an con­ver­sa­ram nos trei­na­men­tos e mos­tra­ram res­pei­to um pe­lo ou­tro, o que foi elo­gi­a­do pe­lo téc­ni­co Ti­te. “Vo­cês são con­cor­ren­tes e es­tão sain­do abra­ça­dos. É is­so que eu qu­e­ro”, afir­mou o trei­na­dor en­quan­to era ob­ser­va­do pe­los dois jo­ga­do­res.

BO­LÍ­VIA

Em oi­to par­ti­das nas Eli­mi­na­tó­ri­as, a Bo­lí­via ain­da não con­se­guiu apre­sen­tar um bom fu­te­bol. Ao to­do, fo­ram cin­co der­ro­tas, um em­pa­te e ape­nas du­as vi­tó­ri­as, com nove gols mar­ca­dos e 13 so­fri­dos.

Mes­mo as­sim, o ri­val te­rá um be­lo in­cen­ti­vo pa­ra o jo­go. A fe­de­ra­ção bo­li­vi­a­na acei­tou o pe­di­do dos jo­ga­do­res e au­men­tou a pre­mi­a­ção em ca­so de vi­tó­ria em Na­tal. A en­ti­da­de irá pa­gar em tor­no de R$ 32 mil pa­ra cada atle­ta.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.