Sem pi­e­da­de

Correio da Bahia - - Esporte - Mi­ro Pal­ma mi­ro.pal­ma@re­de­bahia.com.br

Uma exi­bi­ção de ga­la, dig­na de aplau­sos, ca­paz de res­ga­tar a con­fi­an­ça do tor­ce­dor bra­si­lei­ro na Se­le­ção. Tu­do bem que o ad­ver­sá­rio era a Bo­lí­via, mas o ti­me do téc­ni­co Ti­te fez por me­re­cer e go­le­ou por 5x0 na Are­na das Du­nas, em Na­tal. A ter­cei­ra vi­tó­ria em três jo­gos do co­man­dan­te no co­man­do da equi­pe. É só o co­me­ço.

O du­e­lo em Na­tal foi o 50º da equi­pe ver­de e ama­re­la co­mo man­dan­te nas Eli­mi­na­tó­ri­as. Além dos três pon­tos, uma in­ven­ci­bi­li­da­de es­ta­va em jo­go. O de­sem­pe­nho era de 37 vi­tó­ri­as e 12 em­pa­tes, com 127 gols mar­ca­dos, ape­nas 26 so­fri­dos. Apro­vei­ta­men­to de 83,7%. A der­ro­ta vi­ria ago­ra? Não!

E o re­ca­do veio com ape­nas 10 mi­nu­tos de jo­go. Ney­mar rou­bou a bo­la no meio-cam­po e to­cou na fren­te pa­ra Ga­bri­el Je­sus. O ata­can­te de­vol­veu pa­ra o ca­mi­sa 10 que, de pri­mei­ra, só em­pur­rou pa­ra as re­des. Foi gol nú­me­ro 300 da car­rei­ra de Ney­mar, 24 anos, que es­tre­ou co­mo pro­fis­si­o­nal no dia 7 de março de 2009.

De­pois de 15 mi­nu­tos, o se­gun­do. De­pois de um lin­do to­que de le­tra do bai­a­no Da­ni­el Al­ves, Giu­li­a­no in­va­diu a área, dei­xou Zen­te­no no chão e to­cou pa­ra Philippe Coutinho. O meia só deu um “ta­pi­nha” de pé di­rei­to e ti­rou do go­lei­ro.

Me­lhor do Bra­sil no con­fron­to, Ney­mar se en­vol­veu nu­ma pe­que­na con­fu­são com Azo­gue. Car­tão ama­re­lo pa­ra os dois. Com is­so, o bra­si­lei­ro es­tá sus­pen­so pa­ra a par­ti­da de ter­ça-feira, con­tra a Ve­ne­zu­e­la. Ao me­nos es­tá ga­ran­ti­do no clás­si­co di­an­te da Ar­gen­ti­na, dia 10 de no­vem­bro, no Mi­nei­rão, em Be­lo Ho­ri­zon­te.

Com au­to­ri­da­de e um futebol de pri­mei­ra li­nha, a equi­pe de Ti­te não pa­rou de ata­car e foi em bus­ca do ter­cei­ro gol. Ca­ça­do em cam­po, Ney­mar fez fi­la e deu um pas­se com açú­car pa­ra Fi­li­pe Luís. De ca­ra com o go­lei­ro Lam­pe, o subs­ti­tu­to do sus­pen­so Mar­ce­lo chu­tou ras­tei­ro, no can­ti­nho.

Ainda ca­bia mais an­tes do in­ter­va­lo. En­di­a­bra­do, Ney­mar aca­bou com a za­ga bo­li­vi­a­na ao dar ou­tro pas­se per­fei­to, des­sa vez pa­ra Ga­bri­el Je­sus. Com ma­es­tria, o ga­ro­to deu um to­qui­nho por ci­ma do go­lei­ro. Gol e fes­ta da tor­ci­da na Are­na das Du­nas.

SE­GUN­DO TEM­PO

En­ga­na-se qu­em pen­sa que o Bra­sil di­mi­nuiu o rit­mo de­pois da chu­vei­ra­da. Bem en­tro­sa­do, o ti­me se­guiu pres­si­o­nan­do em bus­ca do quin­to gol. Ilu­mi­na­do, Ney­mar pas­sou fá­cil por Zen­te­no e man­dou uma bom­ba pa­ra o gol. Lam­pe de­fen­deu e a bo­la so­brou pa­ra Giu­li­a­no, que con­cluiu sem mui­ta pre­ci­são. Lo­go de­pois, Ney­mar cru­zou pa­ra Ga­bri­el Je­sus, que man­dou de ca­be­ça nas mãos do ca­mi­sa 1. O úl­ti­mo lan­ce dos dois, subs­ti­tuí­dos por Wil­li­an e Ro­ber­to Fir­mi­no, res­pec­ti­va­men­te.

Com o ca­be­li­nho no me­lhor es­ti­lo Wes­ley Sa­fa­dão, Fir­mi­no dei­xou a mar­ca de­le de­pois da co­bran­ça de es­can­teio de Philippe Coutinho, aos 29 mi­nu­tos. Tes­ta­da fir­me, no chão, co­mo man­da o ma­nu­al do bom cen­tro­a­van­te.

Lu­cas Li­ma ainda en­trou na va­ga de Giu­li­a­no, mas já es­ta­va de bom ta­ma­nho. Go­le­a­da e mui­tos aplau­sos da tor­ci­da.

PRÓ­XI­MO DE­SA­FIO

O pró­xi­mo jo­go da Se­le­ção se­rá na ter­ça-feira, às 21h30, con­tra a lan­ter­ni­nha Ve­ne­zu­e­la, em Mérida. Os ri­vais, em no­ve jo­gos, ainda não ven­ce­ram na com­pe­ti­ção. Bra­sil Alis­son, Da­ni­el Al­ves, Mar­qui­nhos, Mi­ran­da e Fi­li­pe Luís; Fer­nan­di­nho, Philippe Coutinho, Giu­li­a­no (Lu­cas Li­ma), Renato Au­gus­to e Ney­mar (Wil­li­an); Ga­bri­el Je­sus (Fir­mi­no) Téc­ni­co Ti­te

Bo­lí­via Lam­pe, Ro­drí­guez, Ral­des, Zen­te­no e Be­ja­ra­no; Me­leán, Azo­gue, Ar­ce (Ro­dri­go Ra­mal­lo) e Jhas­ma­ni Cam­pos (Jo­se­li­to Va­ca); Duk (Pa­blo Es­co­bar) e Mar­ce­lo Mo­re­no Téc­ni­co Ángel Hoyos

Es­tá­dio Are­na das Du­nas, em Na­tal (Rio Gran­de do Nor­te) Gols Ney­mar, aos 10, Philippe Coutinho, aos 25, Fi­li­pe Luís, aos 38, e Ga­bri­el Je­sus, aos 43 mi­nu­tos do 1º tem­po; Fir­mi­no, aos 29 mi­nu­tos do 2º tem­po Car­tão ama­re­lo Ney­mar; Me­leán e Azo­gue

Pú­bli­co 30.013 pa­gan­tes Ren­da R$ 4.307.145,00 Ár­bi­tro Wilson La­mou­roux, au­xi­li­a­do por Ale­xan­der Guz­man e Edu­ar­do Díaz

(trio da Colôm­bia)

Com ou­tra be­la atu­a­ção, Bra­sil go­leia a Bo­lí­via na Are­na das Du­nas

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.