Em gra­va­ção, Trump vol­ta a des­res­pei­tar mu­lhe­res

Correio da Bahia - - Mundo -

EUA O can­di­da­to re­pu­bli­ca­no à Pre­si­dên­cia dos Es­ta­dos Uni­dos, Do­nald Trump, pe­diu des­cul­pas, on­tem, após a di­vul­ga­ção de uma gra­va­ção on­de usa ter­mos vul­ga­res pa­ra se re­fe­rir a mu­lhe­res, fa­la so­bre a ten­ta­ti­va de con­quis­tar uma mu­lher ca­sa­da e diz que, quan­do se é fa­mo­so, mu­lhe­res dei­xam que vo­cê fa­ça “qual­quer coi­sa”. A gra­va­ção é de 2005 e re­gis­tra uma con­ver­sa com o apre­sen­ta­dor Billy Bush, do pro­gra­ma ‘Ac­cess Hollywo­od’ den­tro de um ôni­bus do pro­gra­ma. O ví­deo foi di­vul­ga­do pe­lo jor­nal The Washing­ton Post. Trump emi­tiu um co­mu­ni­ca­do no qual diz: “Is­so era uma brin­ca­dei­ra de ves­tiá­rio, uma con­ver­sa par­ti­cu­lar, que acon­te­ceu há mui­tos anos. Bill Clin­ton dis­se coi­sas bem pi­o­res pa­ra mim no cam­po de gol­fe – nem per­to dis­so. Pe­ço des­cul­pas se al­guém fi­cou ofen­di­do”. Sua ad­ver­sá­ria, Hil­lary Clin­ton, co­men­tou o as­sun­to no Twit­ter: “Is­so é hor­ro­ro­so”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.