Pre­si­den­te da Câ­ma­ra res­pon­de ao Mi­nis­té­rio Pú­bli­co e de­fen­de te­to

Correio da Bahia - - Brasil Mundo -

Mi­lha­res de pes­so­as fo­ram às ru­as de Be­lém (PA) ho­me­na­ge­ar Nos­sa Se­nho­ra, no Cí­rio de Na­za­ré. On­tem foi o dia do Trans­la­do de Nos­sa Se­nho­ra, do Co­lé­gio Gen­til Bit­ten­court pa­ra a Igre­ja da Sé. Ho­je, no gran­de dia da fes­ta, a pro­cis­são acon­te­ce em sen­ti­do con­trá­rio. GAS­TOS O pre­si­den­te da Câ­ma­ra dos De­pu­ta­dos, Ro­dri­go Maia, dis­tri­buiu no­ta à im­pren­sa, on­tem, pa­ra co­men­tar e pres­tar es­cla­re­ci­men­tos so­bre a ma­ni­fes­ta­ção con­trá­ria da Pro­cu­ra­do­ria-Ge­ral da Re­pú­bli­ca (PGR) em re­la­ção à Pro­pos­ta de Emen­da à Cons­ti­tui­ção (PEC) 241, que fi­xa um te­to pa­ra os gas­tos pú­bli­cos pe­los pró­xi­mos 20 anos. Maia ar­gu­men­ta que a PEC pre­ten­de cor­ri­gir o “de­se­qui­lí­brio ins­tau­ra­do nas con­tas pú­bli­cas” nos úl­ti­mos anos, clas­si­fi­ca a apro­va­ção da ma­té­ria co­mo “con­di­ção in­dis­pen­sá­vel” pa­ra a re­to­ma­da do cres­ci­men­to sus­ten­tá­vel da eco­no­mia bra­si­lei­ra e des­ta­ca que a su­pe­ra­ção da cri­se só ocor­re­rá com “em­pe­nho e com­pro­me­ti­men­to de to­dos”, in­cluin­do Mi­nis­té­rio Pú­bli­co Fe­de­ral. “Ne­nhu­ma ins­ti­tui­ção ou pes­soa es­tá aci­ma das leis e da Cons­ti­tui­ção”, de­fen­de o pre­si­den­te da Câ­ma­ra. Na sex­ta-fei­ra, a PGR en­vi­ou ao Congresso Na­ci­o­nal no­ta téc­ni­ca pe­din­do o ar­qui­va­men­to ou a al­te­ra­ção do tex­to da PEC. O ór­gão sus­ten­ta que a ma­té­ria é in­cons­ti­tu­ci­o­nal e ame­a­ça as ações de com­ba­te à cor­rup­ção no país, uma vez que o pra­zo de 20 anos é “lon­go o su­fi­ci­en­te pa­ra li­mi­tar, pre­ju­di­car, en­fra­que­cer o desempenho do Po­der Ju­di­ciá­rio e de­mais ins­ti­tui­ções do Sis­te­ma de Jus­ti­ça e, nes­se al­can­ce, di­mi­nuir a atu­a­ção es­ta­tal no com­ba­te às de­man­das de que ne­ces­si­ta a so­ci­e­da­de, en­tre as quais o com­ba­te à cor­rup­ção”. A

PGR ain­da ale­ga que a PEC, co­mo es­tá, vi­o­la o prin­cí­pio da se­pa­ra­ção dos po­de­res ao afron­tar “a in­de­pen­dên­cia e au­to­no­mia dos Po­de­res Le­gis­la­ti­vo e Ju­di­ciá­rio e a au­to­no­mia das ins­ti­tui­ções do Sis­te­ma de Jus­ti­ça”. Maia en­fa­ti­za na no­ta, no en­tan­to, que a PEC ser­vi­rá pa­ra “exa­ta­men­te im­pe­dir a de­te­ri­o­ra­ção das ins­ti­tui­ções do Es­ta­do” e que “o pra­zo de vin­te anos não de­cor­re de um capricho do go­ver­no fe­de­ral, mas da pro­fun­di­da­de da cri­se que en­fren­ta­mos”. A PGR de­fen­de a re­du­ção do pra­zo pa­ra 10 anos. “É pre­ci­so rom­per com a men­ta­li­da­de de que re­for­mas du­ra­dou­ras na ges­tão pú­bli­ca po­dem ser obra de um ou dois go­ver­nos”, diz.

TRANS­LA­DO

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.