Sem re­pas­se fe­de­ral, 30% dos mu­ni­cí­pi­os vão atra­sar o 13º

Correio da Bahia - - Mais - JU­LI­A­NA MON­TA­NHA

Pe­lo me­nos 10% dos mu­ni­cí­pi­os bai­a­nos têm atra­sa­do a fo­lha de pa­ga­men­to dos ser­vi­do­res mu­ni­ci­pais se­gun­do a es­ti­ma­ti­va da União dos Mu­ni­cí­pi­os da Bahia (UPB). Se­gun­do a pre­si­den­te da en­ti­da­de e pre­fei­ta de Car­de­al da Silva, Ma­ria Qui­té­ria, se os re­pas­ses fe­de­rais que são de­vi­dos não che­ga­rem às ci­da­des, a si­tu­a­ção vai pi­o­rar e com­pro­me­ter o pa­ga­men­to do 13º aos ser­vir­do­res. “Cer­ca de 10% dos mu­ni­cí­pi­os es­tão pa­gan­do uma par­te da fo­lha den­tro do mês e es­pe­ran­do pa­ra pa­gar o res­tan­te com o pró­xi­mo re­pas­se. Is­so tem si­do uma cons­tan­te”, dis­se.

Na vi­são de Qui­té­ria, se os re­pas­ses do go­ver­no fe­de­ral não vi­e­rem em tem­po há­bil, es­se nú­me­ro po­de tri­pli­car. “Acre­di­to que 30% dos mu­ni­cí­pi­os te­rão di­fi­cul­da­des em fe­char as con­tas e pa­gar o 13º den­tro do pra­zo. Pas­sa­da a elei­ção, mui­tos pre­fei­tos têm nos li­ga­do fa­lan­do des­sa si­tu­a­ção e da di­fi­cul­da­de em hon­rar seus com­pro­mis­sos”.

Se­gun­do ela, o re­pas­se pa­ra o se­gun­do se­mes­tre des­te ano de­ve ser me­nor do que em 2015 por con­ta da que­da da ar­re­ca­da­ção com IPI e Im­pos­to de Ren­da, que são com­põem o Fun­do de Par­ti­ci­pa­ção dos Mu­ni­cí­pi­os.

“É uma con­ta que não tem fe­cha­do. Nos­sos re­cur­sos têm si­do apli­ca­dos co­mo con­tra­par­ti­da nos pro­gra­mas fe­de­rais e o pró­prio go­ver­no não es­tá pa­gan­do a par­te de­le de for­ma as­sí­dua. Es­tá fi­can­do di­fí­cil de hon­rar com os nos­sos com­pro­mis­sos”, res­sal­tou a pre­si­den­te da UPB.

“Nos­sa di­fi­cul­da­de é ain­da mai­or do que a do es­ta­do por­que es­ta­mos em um ano de en­cer­ra­men­to de man­da­to e não po­de­mos dei­xar res­tos a pa­gar. Sem re­cur­so a con­ta não fe­cha”.

Pre­si­den­te da UPB fez a pro­je­ção

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.