Po­li­ci­al mi­li­tar é mor­to com fa­ca­da no pes­co­ço en­quan­to tra­ba­lha­va

Correio da Bahia - - Bahia -

RIACHÃO DAS NE­VES Um po­li­ci­al mi­li­tar foi mor­to na noi­te de an­te­on­tem no mu­ni­cí­pio de Riachão das Ne­ves, no Ex­tre­mo-Oes­te do es­ta­do, quan­do es­ta­va em ser­vi­ço. Décio Au­gus­to Sou­za Oli­vei­ra, 32 anos, foi ata­ca­do por trás, sen­do atin­gi­do por um gol­pe de fa­ca no pes­co­ço, se­gun­do in­for­ma­ções da cor­po­ra­ção. Ele che­gou a ser so­cor­ri­do pa­ra um hos­pi­tal re­gi­o­nal, mas não re­sis­tiu ao fe­ri­men­to. Se­gun­do no­ta di­vul­ga­da pe­la PM, o sol­da­do, que era lo­ta­do na 86ª Com­pa­nhia In­de­pen­den­te de Po­lí­cia Mi­li­tar (CIPM/For­mo­sa do Rio Pre­to), es­ta­va tra­ba­lhan­do na pra­ça pú­bli­ca de Riachão das Ne­ves quan­do foi ata­ca­do por um ho­mem ar­ma­do com uma fa­ca. O sol­da­do che­gou a re­a­gir e ati­rar con­tra o agres­sor, mas aca­bou cain­do no lo­cal. Ain­da con­for­me a PM, “o cri­mi­no­so foi lo­ca­li­za­do em uma chá­ca­ra, quan­do re­a­giu, sen­do fe­ri­do, vin­do a óbi­to no lo­cal.” Já Décio che­gou a ser so­cor­ri­do por uma am­bu­lân­cia do Ser­vi­ço de Aten­di­men­to Mó­vel de Ur­gên­cia (Sa­mu) pa­ra uma uni­da­de mé­di­ca, mas não adi­an­tou. De acor­do com a de­le­ga­cia lo­cal, o cri­me acon­te­ceu du­ran­te uma fes­ta que co­me­mo­ra­va o re­sul­ta­do das elei­ções mu­ni­ci­pais. O sol­da­do atin­gi­do fe­cha­va uma fi­la de po­li­ci­ais, quan­do pas­sa­va por um gru­po de pes­so­as. Não se sa­be o que mo­ti­vou o cri­me. Ain­da con­for­me in­for­ma­ções ob­ti­das na de­le­ga­cia, o sus­pei­to foi mor­to a ti­ros e até o mo­men­to foi iden­ti­fi­ca­do so­men­te co­mo Wel­ling­ton. Ele já ti­nha re­gis­tro de pas­sa­gens pe­la uni­da­de. O sol­da­do Décio fa­zia par­te da PM há se­te anos. Ele dei­xa es­po­sa e du­as fi­lhas, uma de seis anos e ou­tra de ape­nas dois me­ses. O cor­po se­rá ve­la­do e se­pul­ta­do com hon­ras mi­li­ta­res ho­je, a par­tir das 9h, no ce­mi­té­rio mu­ni­ci­pal de San­ta Ri­ta de Cás­sia. Se­gun­do le­van­ta­men­to da Se­cre­ta­ria es­ta­du­al da Se­gu­ran­ça Pú­bli­ca (SSP), ago­ra são 20 po­li­ci­ais mor­tos em 2016, sen­do 17 PMs, dois ci­vis e um po­li­ci­al ro­do­viá­rio fe­de­ral. Até agos­to, se­te en­vol­vi­dos nos as­sas­si­na­tos fo­ram pre­sos. Com o sus­pei­to mor­to an­te­on­tem, já são pe­lo me­nos dez mor­tos em con­fron­to. Além dis­so, oi­to ca­sos já fo­ram elu­ci­da­dos e os de­mais se­guem sob in­ves­ti­ga­ção, a mai­o­ria co­man­da­da pe­la for­ça-ta­re­fa cri­a­da pe­la SSP pa­ra in­ves­ti­gar cri­mes con­tra po­li­ci­ais em to­do o es­ta­do.

Décio, 32, foi ata­ca­do em pra­ça

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.