De­mi­ti­do por des­vi­os, ex-ge­ren­te da Pe­tro­bras diz que foi blin­da­do

Correio da Bahia - - Brasil -

LA­VA-JA­TO O ex- ge­ren­te da área de Co­mu­ni­ca­ção da Pe­tro­bras, Ge­o­va­ne de Mo­rais, afir­mou à Ope­ra­ção La­va Ja­to que “foi blin­da­do” pe­lo ex-pre­si­den­te da es­ta­tal, José Ser­gio Ga­bri­el­li , de­pois de ter si­do fla­gra­do em sin­di­cân­cia in­ter­na, que iden­ti­fi­cou des­vi­os e pa­ga­men­tos sem con­tra­tos na área. De­mi­ti­do em 2009 por justa cau­sa, ele foi man­ti­do no car­go até 2013, su­pos­ta­men­te pa­ra se evi­tar um es­cân­da­lo no se­tor de co­mu­ni­ca­ção, que se­ria con­tro­la­do por sin­di­ca­lis­tas do PT. “Acre­di­to que fui man­ti­do na em­pre­sa por tan­to tem­po a fim de jus­ti­fi­car ir­re­gu­la­ri­da­des na Pe­tro­bras, in­clu­si­ve de Ga­bri­el­li e Tri­po­di (Ar­man­do, che­fe de ga­bi­ne­te)”, de­cla­rou Ge­o­va­ne de Mo­rais, ex-ge­ren­te de Co­mu­ni­ca­ção da Di­re­to­ria de Abas­te­ci­men­to da Pe­tro­bras. Mo­rais foi ou­vi­do no dia 1º de ju­lho, na Su­pe­rin­ten­dên­cia da Po­lí­cia Fe­de­ral em Sal­va­dor, a pe­di­do da for­ça-ta­re­fa da La­va Ja­to, em Cu­ri­ti­ba. O ex-ge­ren­te é fi­gu­ra cen­tral da apu­ra­ção da La­va Ja­to que in­ves­ti­ga su­pos­to pa­ga­men­to de mais de R$ 7 mi­lhões pa­ra a Mu­ran­no Bra­sil Mar­ke­ting, re­a­li­za­do sem con­tra­to for­mal. Par­te des­se va­lor foi re­pas­sa­do atra­vés do do­lei­ro Al­ber­to Yous­sef. Os pa­ga­men­tos, se­gun­do apu­ra a La­va Ja­to, te­ri­am si­do fei­tos por or­dem di­re­ta de Ga­bri­el­li e Tri­po­di, com su­pos­ta par­ti­ci­pa­ção do ex-pre­si­den­te Luiz Iná­cio Lu­la da Silva, em seu se­gun­do man­da­to.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.