Decisão do go­ver­no fe­de­ral re­duz em R$ 3 bi in­ves­ti­men­tos na Bahia

Correio da Bahia - - Economia -

ENER­GIA RE­NO­VÁ­VEL A Bahia po­de per­der até R$ 3 bi­lhões em vo­lu­me de in­ves­ti­men­tos por fi­car de fo­ra do Lei­lão de Ener­gia Re­ser­va (LER) que vai acon­te­cer em de­zem­bro. Con­for­me apu­ra­do pe­lo blog Fa­rol Econô­mi­co, hos­pe­da­do no si­te do COR­REIO, o Ope­ra­dor Na­ci­o­nal do Sis­te­ma Elé­tri­co (ONS), em par­ce­ria com a Em­pre­sa de Pes­qui­sa Ener­gé­ti­ca (EPE), emi­tiu uma no­ta téc­ni­ca no início do mês na qual apon­ta que os três prin­ci­pais es­ta­dos ge­ra­do­res de ener­gia eó­li­ca no país – Bahia, Rio Gran­de do Nor­te e Rio Gran­de do Sul – es­tão sem ca­pa­ci­da­de pa­ra es­co­ar a pro­du­ção. Só na Bahia, 600 pro­je­tos de ener­gia eó­li­ca e so­lar fo­ram re­ti­ra­dos do lei­lão. Pa­ra ten­tar re­ver­ter a si­tu­a­ção, a Se­cre­ta­ria de In­fra­es­tru­tu­ra do Es­ta­do (Sein­fra) en­vi­ou, na úl­ti­ma sex­ta-fei­ra (7/10), uma cor­res­pon­dên­cia ao Mi­nis­té­rio de Mi­nas e Ener­gia ques­ti­o­nan­do os cri­té­ri­os que ex­cluí­ram a Bahia do lei­lão. “Uma das al­ter­na­ti­vas é re­ti­fi­car a da­ta de cor­te. Ou­tra so­lu­ção é re­a­li­zar uma in­ter­ven­ção na su­bes­ta­ção de Gi­boés II, que irá per­mi­tir que os parques da Cha­pa­da e Mor­ro do Cha­péu se­jam co­nec­ta­dos”, afir­mou o se­cre­tá­rio da pas­ta, Marcus Be­ní­cio Ca­val­can­ti, que vai le­var o plei­to pa­ra a pau­ta da reu­nião mar­ca­da com a ONS, que acon­te­ce nes­sa quin­ta-fei­ra (13). “É um pro­ble­ma que te­mos con­di­ções de re­ver­ter. A Bahia não po­de fi­car de fo­ra des­se lei­lão”, acres­cen­ta Ca­val­can­ti. Se­gun­do o es­pe­ci­a­lis­ta em ener­gia re­no­vá­vel e di­re­tor da Eo­lus, Ra­fa­el Val­ver­de, caso par­ti­ci­pe do lei­lão, a Bahia tem tu­do pa­ra man­ter os per­cen­tu­ais his­tó­ri­cos de con­tra­ta­ção de ener­gia. No caso da ener­gia eó­li­ca, de 30%, e da so­lar, 25%, o que de­ve ren­der con­tra­ta­ções de 300 me­gawatts (MW) e de 250 MW, res­pec­ti­va­men­te. “Na eta­pa de ca­das­tra­men­to pa­ra o lei­lão, a Bahia li­de­rou em nú­me­ro de pro­je­tos, tan­to pa­ra eó­li­ca, quan­to pa­ra so­lar. Mas há uma fra­gi­li­da­de mui­to gran­de no sis­te­ma de trans­mis­são que pre­ci­sa ser re­sol­vi­da e is­so não se­rá fei­to em cur­to pra­zo. A mo­di­fi­ca­ção no edi­tal se­ria uma so­lu­ção mais rá­pi­da”, ana­li­sa Val­ver­de.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.