Em­prei­tei­ra so­li­ci­ta o des­blo­queio de bens

Correio da Bahia - - Brasil -

LA­VA JA­TO A Qu­ei­roz Gal­vão ajui­zou um man­da­do de se­gu­ran­ça no Su­pre­mo Tri­bu­nal Fe­de­ral so­li­ci­tan­do que seus bens se­jam des­blo­que­a­dos. Em 21 de se­tem­bro, o Tri­bu­nal de Con­tas da União (TCU) de­ter­mi­nou o blo­queio de R$ 960 mi­lhões da em­prei­tei­ra e da Ie­sa - as du­as são sus­pei­tas de te­rem se be­ne­fi­ci­a­do de su­per­fa­tu­ra­men­to em obras da Re­fi­na­ria Abreu e Li­ma, em Per­nam­bu­co. Pa­ra a cons­tru­to­ra, a decisão do

TCU não apre­sen­tou “quais­quer in­dí­ci­os ou ris­cos de di­la­pi­da­ção do pa­trimô­nio por par­te da im­pe­tran­te ou qual­quer ou­tra ação ten­den­te a in­vi­a­bi­li­zar even­tu­al res­sar­ci­men­to ao erá­rio ou a ge­rar le­são ir­re­pa­rá­vel”. “O que se es­pe­ra é que o con­tex­to em que os fa­tos sob apu­ra­ção no TCU se in­se­rem não sir­va de pre­tex­to pa­ra a prá­ti­ca de atos es­ta­tais que ex­tra­po­lem os li­mi­tes da Cons­ti­tui­ção da Re­pú­bli­ca e da le­gis­la­ção in­fra­cons­ti­tu­ci­o­nal, nem tam­pou­co ex­cep­ci­o­ne a ga­ran­tia do de­vi­do pro­ces­so le­gal”, diz a de­fe­sa. No mês pas­sa­do, o mi­nis­tro Mar­co Au­ré­lio Mel­lo, do Su­pre­mo, con­ce­deu li­mi­nar (pro­vi­só­ria) à OAS e sus­pen­deu decisão do TCU que de­ter­mi­nou a in­dis­po­ni­bi­li­da­de dos bens da em­prei­tei­ra no va­lor de até R$ 2,1 bi­lhões, tam­bém com re­la­ção a con­tra­to pa­ra obras na Re­fi­na­ria de Abreu e Li­ma.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.