EUA: Hil­lary au­men­ta pa­ra 11 pon­tos a van­ta­gem so­bre Trump

Correio da Bahia - - Mundo -

ELEI­ÇÕES A can­di­da­ta do Par­ti­do De­mo­cra­ta à Pre­si­dên­cia dos EUA, Hil­lary Clin­ton, au­men­tou a van­ta­gem so­bre o can­di­da­to re­pu­bli­ca­no, Do­nald Trump, em uma no­va pes­qui­sa en­co­men­da­da pe­lo Wall Stre­et Jour­nal e pe­la NBC News. A pes­qui­sa che­ga di­as após o va­za­men­to de um ví­deo de 2005 em que Trump uti­li­za uma lin­gua­gem vul­gar pa­ra se re­fe­rir às mu­lhe­res, mas sem le­var em con­ta os efei­tos do mais re­cen­te de­ba­te en­tre os dois can­di­da­tos, re­a­li­za­do no úl­ti­mo do­min­go. Na no­va pes­qui­sa, a van­ta­gem de Clin­ton su­biu pa­ra 11 pon­tos per­cen­tu­ais, con­tra 6 pon­tos no mês de se­tem­bro. Ago­ra, a can­di­da­ta de­mo­cra­ta pos­sui 46% da pre­fe­rên­cia do elei­to­ra­do con­tra 35% do ad­ver­sá­rio.

No fim de se­ma­na, após o va­za­men­to do ví­deo, vá­ri­os mem­bros do Par­ti­do Re­pu­bli­ca­no pe­di­ram a de­sis­tên­cia de Trump da cor­ri­da elei­to­ral. Se­gun­do a pes­qui­sa, en­tre o elei­to­ra­do re­pu­bli­ca­no, 38% dos en­tre­vis­ta­dos acre­di­tam que o em­pre­sá­rio não é qua­li­fi­ca­do pa­ra as­su­mir o car­go. En­tre­tan­to, 42% do elei­to­ra­do de Trump dis­cor­da e jul­ga que o ví­deo não deveria ser um pro­ble­ma, já que os co­men­tá­ri­os fo­ram fei­tos há mais de 10 anos.

En­tre os re­pu­bli­ca­nos, 72% afir­mam que irão vo­tar em Trump no dia 8 de no­vem­bro. O nú­me­ro é in­fe­ri­or ao apoio que Hil­lary Clin­ton tem en­tre os de­mo­cra­tas, de 85%. En­tre as mu­lhe­res, o apoio a Hil­lary é 21 pon­tos per­cen­tu­ais mai­or que a Trump, en­quan­to en­tre os ho­mens o can­di­da­to re­pu­bli­ca­no tem van­ta­gem de um pon­to per­cen­tu­al. O pre­si­den­te da Câ­ma­ra dos Es­ta­dos Unidos, Paul Ryan, do Par­ti­do Re­pu­bli­ca­no, afir­mou on­tem pa­ra os mem­bros da ban­ca­da do par­ti­do que não vai de­fen­der ou fa­zer cam­pa­nha pa­ra Do­nald Trump. Ape­sar do anún­cio, Ryan man­tém o apoio à can­di­da­tu­ra do mag­na­ta e afir­mou que vai de­di­car sua ener­gia pa­ra ga­ran­tir que Hil­lary Clin­ton, caso elei­ta, não te­nha um “che­que em bran­co”, com um Con­gres­so con­tro­la­do por de­mo­cra­tas.

Hil­lary Clin­ton ques­ti­o­nou Trump a res­pei­to de pa­la­vras vul­ga­res que ele usou ao se re­fe­rir a mu­lhe­res

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.