ONU pe­de aju­da emer­gen­ci­al pa­ra mais de 750 mil pes­so­as no Hai­ti

Correio da Bahia - - Mundo -

MATTHEW A agên­cia hu­ma­ni­tá­ria das Na­ções Uni­das, em Ge­ne­bra, emi­tiu um “ape­lo ur­gen­te” pa­ra aju­dar a for­ne­cer “as­sis­tên­cia e pro­te­ção” pa­ra 750 mil pes­so­as no su­do­es­te do Hai­ti nos pró­xi­mos três me­ses. Fun­ci­o­ná­ri­os da ONU dis­se­ram, mais ce­do, que pe­lo me­nos 1,4 mi­lhão de pes­so­as pre­ci­sam de as­sis­tên­cia e que 2,1 mi­lhões fo­ram atin­gi­das pe­lo fu­ra­cão Matthew. Uma das di­fi­cul­da­des no país são as inun­da­ções, que têm di­fi­cul­ta­do os es­for­ços pa­ra al­can­çar as áre­as mais afe­ta­das pe­lo fu­ra­cão. O co­or­de­na­dor hu­ma­ni­tá­rio da ONU no Hai­ti, Mou­rad Wah­ba, tam­bém fez um pe­di­do de emer­gên­cia a ou­tros paí­ses, no va­lor de qu­a­se US$ 120 mi­lhões. Em al­guns lo­cais, ali­men­tos, água e me­di­ca­men­tos são es­cas­sos, não há ele­tri­ci­da­de e co­mu­ni­da­des es­tão iso­la­das. A Pro­te­ção Ci­vil Na­ci­o­nal, em Por­to Prín­ci­pe, afir­mou, on­tem, que o nú­me­ro ofi­ci­al de mor­tos em to­do o país su­biu pa­ra 372, in­cluin­do as 198 mor­tes em Grand-An­se. Au­to­ri­da­des lo­cais dis­se­ram que o nú­me­ro po­de ser su­pe­ri­or a 500 ape­nas em Grand-An­se. Um re­cor­de de inun­da­ções após o fu­ra­cão Matthew atin­giu a Ca­ro­li­na do Nor­te, dei­xan­do cen­te­nas de pes­so­as de­sa­bri­ga­das e pe­lo me­nos 20 mor­tas no su­des­te. Na Ca­ro­li­na do Nor­te, dez pes­so­as mor­re­ram, dis­se o go­ver­na­dor do es­ta­do, Pat McC­rory. A con­ta­gem an­te­ri­or era de oi­to fa­ta­li­da­des. Uma bar­ra­gem em Lum­ber­ton que­brou, inun­dan­do um bair­ro e dei­xan­do cer­ca de 1.500 pes­so­as pre­sas em su­as ca­sas, a mai­or par­te com água “até os jo­e­lhos”, se­gun­do McC­rory.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.