Es­tu­dan­tes in­va­dem es­cri­tó­rio da Pre­si­dên­cia

Correio da Bahia - - Mais -

Cris­ti­na de Mel­lo, da PUC-SP, diz que, se hou­ver uma que­da abrup­ta da ar­re­ca­da­ção, por exem­plo, a dí­vi­da au­men­ta­ria, por­que os gas­tos se­rão con­ge­la­dos em um pa­ta­mar al­to. Jo­lan­da Bat­tis­ti, da FGV, afir­ma que o pra­zo re­pre­sen­ta que o go­ver­no es­tá “com­pran­do tem­po” pa­ra co­lo­car a dí­vi­da sob con­tro­le. Um pla­no de lon­ga du­ra­ção, fa­la, subs­ti­tui ações co­mo au­men­to de im­pos­tos ou cor­te de des­pe­sas, o que po­de­ria agra­var o de­sem­pre­go. Um gru­po de es­tu­dan­tes in­va­diu o es­cri­tó­rio da Pre­si­dên­cia da Re­pú­bli­ca em São Pau­lo, na Ave­ni­da Pau­lis­ta, em pro­tes­to con­tra a vo­ta­ção da PEC 241, que es­ta­be­le­ce um li­mi­te pa­ra o cres­ci­men­to dos gas­tos pú­bli­cos. A ocu­pa­ção foi or­ga­ni­za­da pe­la União Na­ci­o­nal dos Es­tu­dan­tes (UNE), a União Bra­si­lei­ra dos Es­tu­dan­tes Se­cun­da­ris­tas (Ubes) e ou­tros mo­vi­men­tos so­ci­ais. A Po­lí­cia Mi­li­tar foi cha­ma­da pa­ra con­ter a ma­ni­fes­ta­ção ocor­ri­da na tar­de de on­tem. Se­gun­do in­for­ma­ções di­vul­ga­das pe­lo mo­vi­men­to, o pro­tes­to reú­ne cer­ca de 80 es­tu­dan­tes que ale­gam que a PEC que li­mi­ta os gas­tos pú­bli­cos “vai afe­tar áre­as sen­sí­veis co­mo a edu­ca­ção, a se­gu­ran­ça e a saú­de”. Além do fim da PEC, os es­tu­dan­tes pe­dem o fim do pro­je­to es­co­la sem par­ti­do e da MP da re­for­ma do en­si­no mé­dio. A PEC tam­bém foi cri­ti­ca­da pe­la As­so­ci­a­ção dos Ma­gis­tra­dos Brasileiros (AMB) e pe­la As­so­ci­a­ção Na­ci­o­nal dos De­fen­so­res Pú­bli­cos Fe­de­rais (Ana­def). A AMB clas­si­fi­cou a pro­pos­ta co­mo “um aten­ta­do ao Ju­di­ciá­rio e à so­ci­e­da­de bra­si­lei­ra”.

In­va­são em São Pau­lo foi pro­tes­to à PEC e à re­for­ma do en­si­no mé­dio

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.