Fu­tu­ro pre­o­cu­pan­te

Correio da Bahia - - Economia -

A lon­go pra­zo, as es­ti­ma­ti­vas da OMS (Or­ga­ni­za­ção Mun­di­al da Saú­de) tam­bém não são ani­ma­do­ras. Na pró­xi­ma dé­ca­da, a de­pres­são se­rá a do­en­ça mais co­mum no mun­do, ul­tra­pas­san­do pro­ble­mas car­di­o­vas­cu­la­res e até o cân­cer. Es­tu­dos da or­ga­ni­za­ção mos­tram que a evo­lu­ção do qua­dro es­tá se agra­van­do há dé­ca­das. En­tre 1990 e 2013, o nú­me­ro de pes­so­as com de­pres­são e/ou an­si­e­da­de au- men­tou em qua­se 50%, pas­san­do de 416 mi­lhões pa­ra 615 mi­lhões - cer­ca de 10% da po­pu­la­ção glo­bal. Um es­tu­do da pró­pria OMS so­bre os im­pac­tos des­te ti­po de do­en­ça na pro­du­ti­vi­da­de do tra­ba­lho mos­tra que ca­da US$ 1 in­ves­ti­do no tra­ta­men­to pa­ra de­pres­são e an­si­e­da­de ge­ra um re­tor­no de US$ 4 por meio de me­lho­ri­as na saú­de e na ca­pa­ci­da­de de tra­ba­lho do pa­ci­en­te.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.