Con­se­lhei­ro da ONU diz que elei­ção de Trump se­ria pe­ri­go­sa

Correio da Bahia - - Mundo -

PO­LÍ­TI­CA A prin­ci­pal au­to­ri­da­de da Or­ga­ni­za­ção das Na­ções Uni­das (ONU) pa­ra di­rei­tos hu­ma­nos afir­mou que, ca­so se­ja elei­to pre­si­den­te dos EUA, o can­di­da­to re­pu­bli­ca­no, Do­nald Trump, se­ria “pe­ri­go­so de um pon­to de vis­ta internacional”. “Se Do­nald Trump for elei­to, com ba­se no que ele já afir­mou e ao me­nos que is­so mu­de, eu pen­so que, sem dú­vi­da ne­nhu­ma, ele se­ria pe­ri­go­so de um pon­to de vis­ta internacional”, dis­se Zeid Ra’ad, con­se­lhei­ro da ONU pa­ra di­rei­tos hu­ma­nos, em co­le­ti­va de im­pren­sa na Suí­ça. Pa­ra Zeid, são “pro­fun­da­men­te in­qui­e­tan­tes e per­tur­ba­do­res” os co­men­tá­ri­os de Trump so­bre “co­mu­ni­da­des vul­ne­rá­veis” e so­bre o uso de tor­tu­ra, proi­bi­da pe­lo direito internacional. As crí­ti­cas do che­fe da ONU pa­ra di­rei­tos hu­ma­nos di­ri­gi­das a Trump ocor­rem no pi­or mo­men­to da cam­pa­nha do pre­si­den­ciá­vel re­pu­bli­ca­no, mar­ca­da des­de seu iní­cio por declarações po­lê­mi­cas so­bre mu­lhe­res e imi­gran­tes. Após a re­ve­la­ção de um ví­deo de 2005 em que o mag­na­ta faz co­men­tá­ri­os obs­ce­nos so­bre mu­lhe­res, di­ver­sas li­de­ran­ças do Par­ti­do Re­pu­bli­ca­no aban­do­na­ram sua can­di­da­tu­ra. Uma pes­qui­sa de in­ten­ção de vo­to di­vul­ga­da on­tem pe­la Reu­ters e pe­lo ins­ti­tu­to Ip­sos mos­tra uma que­da do apoio a Trump. Com 37% das in­ten­ções de vo­to, ele apa­re­ce oi­to pontos atrás da can­di­da­ta de­mo­cra­ta, Hil­lary Clin­ton (45%). Ou­tros 18% dos en­tre­vis­ta­dos dis­se­ram que não vo­ta­ri­am em ne­nhum dos dois can­di­da­tos. Além dis­so, a pes­qui­sa re­ve­la que um em ca­da cin­co pro­vá­veis elei­to­res re­pu­bli­ca­nos con­si­de­ra que os co­men­tá­ri­os se­xis­tas de Trump o des­qua­li­fi­cam pa­ra ser pre­si­den­te. Uma das ali­a­das de Trump, Betsy McCaughey, ex-vice-go­ver­na­do­ra de No­va York, se en­vol­veu em uma po­lê­mi­ca de­pois que dis­se em en­tre­vis­ta à re­de de te­le­vi­são CNN que não ou­ve rap e que con­si­de­ra o es­ti­lo mu­si­cal su­jo. Na crí­ti­ca, ela fa­lou que Beyon­cé, can­to­ra pre­fe­ri­da de Hil­lary, cos­tu­ma usar “lin­gua­jar su­jo nas su­as mú­si­cas”.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.