Con­fi­ra o que fa­zer ca­so te­nha o veí­cu­lo re­mo­vi­do

Correio da Bahia - - Mais -

Se um car­ro é re­mo­vi­do pe­la Tran­sal­va­dor, o mo­to­ris­ta pre­ci­sa ir até o Se­tor de Li­be­ra­ção de Veí­cu­lo, na Ge­rên­cia de Trân­si­to (Gtran), no Va­le dos Bar­ris.

Lá, o pro­pri­e­tá­rio de­ve apre­sen­tar do­cu­men­to ofi­ci­al com fo­to e com­pro­van­te de pa­ga­men­to de even­tu­ais mul­tas. De­pois, o mo­to­ris­ta vai re­ce­ber um bo­le­to ban­cá­rio que po­de ser pa­go em qual­quer ban­co, pe­la in­ter­net, ca­sas lo­té­ri­cas ou ou­tros es­ta­be­le­ci­men­tos cre­den­ci­a­dos, mas sem a op­ção de agen­da­men­to.

O con­du­tor te­rá que pa­gar o guin­cho (que, pa­ra car­ros uti­li­tá­ri­os, cus­ta R$ 309,27) e ain­da o va­lor da diá­ria no pá­tio, re­fe­ren­te aos di­as em que per­ma­ne­cer no lo­cal. No ca­so dos uti­li­tá­ri­os, o va­lor se­rá de R$ 49,48. Mes­mo que o car­ro não te­nha pas­sa­do to­do o dia no pá­tio, pe­lo me­nos uma diá­ria se­rá co­bra­da. To­das as des­pe­sas de­ve­rão ser qui­ta­das à vis­ta.

A Ge­rên­cia de Trân­si­to fun­ci­o­na de se­gun­da a sex­ta-fei­ra, das 8h às 16h30. Aos sá­ba­dos, o ex­pe­di­en­te é das 9h às 12h e das 14h às 16h.

Aos do­min­gos e fe­ri­a­dos, a ge­rên­cia não fun­ci­o­na.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.