Im­pos­to da ga­so­li­na não vai au­men­tar

Correio da Bahia - - Mais - Re­da­cao@cor­rei­o24ho­ras.com.br

O pre­si­den­te da Re­pú­bli­ca Mi­chel Te­mer dis­se, on­tem, que não há “ne­nhu­ma pre­vi­são” pa­ra uma ali­an­ça en­tre o PMDB, o seu par­ti­do, e o PSDB pa­ra as elei­ções pre­si­den­ci­ais de 2018. Se­gun­do ele, uma pro­pos­ta nes­se sen­ti­do ago­ra se­ria “ex­tre­ma­men­te pre­ma­tu­ra”. “Es­sas coi­sas só vão ser co­gi­tá­veis a par­tir do fi­nal do ano que vem. Não há ne­nhu­ma pre­vi­são pra es­ta es­pé­cie de ali­an­ça”, afir­mou on­tem em en­tre­vis­ta co­le­ti­va con­ce­di­da em Goa, na Ín­dia, on­de par­ti­ci­pa da cú­pu­la dos Brics (gru­po de paí­ses em de­sen­vol­vi­men­to for­ma­do por Bra­sil, Rús­sia, Ín­dia, Chi­na e Áfri­ca do Sul).

O jor­nal Fo­lha de S. Pau­lo re­ve­lou, an­te­on­tem, que o se­na­dor Aé­cio Ne­ves (PSDB- MG) e o se­cre­tá­rio de Par­ce­ri­as de In­ves­ti­men­tos, Mo­rei­ra Fran­co, já co­me­ça­ram a con­ver­sar so­bre uma ali­an­ça en­tre os dois par­ti­dos. “Te­mos uma ba­se de mais de 20 par­ti­dos e é na­tu­ral que ha­ja mui­tas ve­zes uma ou ou­tra afir­ma­ção”, dis­se Te­mer. “O que há é a apro­xi­ma­ção com os par­ti­dos da ba­se ali­a­da que per­mi­ti­ram ao go­ver­no ter uma vi­tó­ria mui­to sig­ni­fi­ca­ti­va (na vo­ta­ção da PEC do te­to dos gas­tos)”, ex­pli­cou.

QUE­BRA DE SI­GI­LO Ques­ti­o­na­do na co­le­ti­va so­bre a de­ci­são do mi­nis­tro do Tri­bu­nal Su­pe­ri­or Elei­to­ral, Her­man Ben­ja­min, na quin­ta-fei­ra pas­sa­da, de de­ter­mi­nar a que­bra de si­gi­lo ban­cá­rio de três grá­fi­cas que pres­ta­ram ser­vi­ço à cam­pa­nha de 2014 da cha­pa Dil­ma-Te­mer, o pre­si­den­te ga­ran­tiu que cum­pri­rá a de­ci­são que for to­ma­da pe­lo Ju­di­ciá­rio. “Se um dia o Ju­di­ciá­rio de­ci­dir, de­pois de to­dos os re­cur­sos uti­li­za­dos, que a cha­pa de­ve ser afas­ta­da, evi­den­te­men­te nós va­mos cum­prir es­sa de­ci­são”. Uma pe­rí­cia re­a­li­za­da pe­lo TSE mos­trou que as grá­fi­cas não apre­sen­ta­ram do­cu­men­ta­ção ne­ces­sá­ria pa­ra com­pro­var que pres­ta­ram os ser­vi­ços pa­ra os qu­ais fo­ram con­tra­ta­das.

Te­mer che­gou a Goa às 9h30 (1h em Bra­sí­lia) de on­tem, acom­pa­nha­do dos mi­nis­tros Jo­sé Ser­ra (Re­la­ções Ex­te­ri­o­res) e Blai­ro Mag­gi (Agri­cul­tu­ra) e da pri­mei­ra-da­ma, Mar­ce­la. O mi­nis­tro Marcos Pe­rei­ra (De­sen­vol­vi­men­to, In­dús­tria e Co­mér­cio) já es­ta­va na Ín­dia pa­ra o Brics. O pre­si­den­te Mi­chel Te­mer tam­bém dis­se on­tem à im­pren­sa bra­si­lei­ra na Ín­dia, que a re­du­ção do pre­ço da ga­so­li­na e do óleo di­e­sel anun­ci­a­da pe­la Pe­tro­bras não vai re­sul­tar em au­men­to da Con­tri­bui­ção de In­ter­ven­ção no Do­mí­nio Econô­mi­co (Ci­de), que in­ci­de so­bre com­bus­tí­veis. Se­gun­do ele, o go­ver­no quer evi­tar al­ta não só na Ci­de, co­mo em qual­quer ti­po de tri­bu­to, e is­so é pos­sí­vel em fun­ção da apro­va­ção da Pro­pos­ta de Emen­da à Cons­ti­tui­ção (PEC) que li­mi­ta os gas­tos dos três po­de­res.

O au­men­to da Ci­de foi co­gi­ta­do por es­pe­ci­a­lis­tas da área econô­mi­ca após a Pe­tro­bras anun­ci­ar an­te­on­tem a re­du­ção do pre­ço da ga­so­li­na e do di­e­sel. Te­mer dis­se que foi in­for­ma­do pe­lo pre­si­den­te da em­pre­sa es­ta­tal, Pe­dro Pa­ren­te, que a re­du­ção do va­lor co­bra­do pe­lo li­tro da ga­so­li­na e do óleo di­e­sel es­tá vin­cu­la­da ao mer­ca­do in­ter­na­ci­o­nal. Se­gun­do o pre­si­den­te, a ca­da mês ou a ca­da dois me­ses, a Pe­tro­bras vai re­a­va­li­ar os pre­ços. “Não há ne­nhu­ma pre­vi­são, nes­te mo­men­to, pa­ra es­sa es­pé­cie de au­men­to”, afir­mou Te­mer.

RE­A­JUS­TE

A Pe­tro­bras

anun­ci­ou,

an­te­on­tem, a re­du­ção do pre­ço da ga­so­li­na em 3,2% nas su­as re­fi­na­ri­as. Tam­bém ha­ve­rá re­du­ção de 2,7% no pre­ço do di­e­sel. Os re­a­jus­tes são re­fle­xo de uma no­va po­lí­ti­ca de pre­ços apro­va­da na quin­ta-fei­ra pe­la em­pre­sa. Es­ta foi a pri­mei­ra vez que os va­lo­res da ga­so­li­na e do di­e­sel fo­ram re­du­zi­dos pe­la es­ta­tal des­de 2009.

A re­du­ção é pa­ra o com­bus­tí­vel ven­di­do no ata­ca­do pa­ra pos­tos de ga­so­li­na. O im­pac­to des­sas mu­dan­ças de va­lo­res no bol­so do con­su­mi­dor de­pen­de­rá das es­tra­té­gi­as de ca­da pos­to. Mas, se o re­pas­se da re­du­ção no pre­ço na re­fi­na­ria for fei­to in­te­gral­men­te pa­ra o pre­ço ao con­su­mi­dor, as re­du­ções se­rão de 1,4% na ga­so­li­na e 1,8% no di­e­sel. De um la­do, a Ín­dia, com cres­ci­men­to de mais de 7% e um mer­ca­do de 1,3 bi­lhão de con­su­mi­do­res. Do ou­tro, o Bra­sil, com PIB que ain­da de­ve re­gis­trar que­da em tor­no dos 3% nes­te ano e um dé­fi­cit no co­mér­cio bi­la­te­ral com o país asiá­ti­co de mais de

US$ 670 mi­lhões (R$ 2,1 bi­lhões). A dis­pa­ri­da­de, mais acen­tu­a­da des­de 2015, mos­trou a ne­ces­si­da­de de se es­ti­mu­lar, en­tre em­pre­sá­ri­os bra­si­lei­ros, mai­or vo­lu­me de co­mér­cio e in­ves­ti­men­tos com o par­cei­ro que, per­cen­tu­al­men­te, mais cres­ce nos Brics (Bra­sil, Rús­sia, Ín­dia, Chi­na e Áfri­ca do Sul).

On­tem, ao che­gar com o pre­si­den­te Mi­chel Te­mer no es­ta­do in­di­a­no de Goa pa­ra a cú­pu­la dos Brics, o chan­ce­ler Jo­sé Ser­ra dis­se que o co­mér­cio com a Ín­dia po­de ser “tri­pli­ca­do” nos pró­xi­mos anos. “Há um po­ten­ci­al imen­so. (A ba­lan­ça co­mer­ci­al) de­ve es­tar en­tre US$ 7 bi­lhões e US$ 8,5 bi­lhões. Is­so po­de ser du­pli­ca­do, tri­pli­ca­do ao lon­go dos anos”, afir­mou Ser­ra.

Se­gun­do es­ti­ma­ti­va do Con­se­lho Na­ci­o­nal de Pes­qui­sa em Eco­no­mia Apli­ca­da, da Ín­dia, a clas­se mé­dia do país de fa­mí­li­as com ren­da anu­al en­tre US$ 4.500 e

US$ 25.400, que po­de­ri­am ser um mer­ca­do em po­ten­ci­al pa­ra o Bra­sil - so­ma cer­ca de 267 mi­lhões de pes­so­as. O nú­me­ro é mai­or do que as po­pu­la­ções to­tais de Ja­pão, Ale­ma­nha e Ar­gen­ti­na, que re­ce­bem um vo­lu­me bem mai­or de ex­por­ta­ções bra­si­lei­ras do que a Ín­dia.

Te­mer e o pre­miê in­di­a­no, Na­ren­dra Mo­di, se en­con­tra­rão ama­nhã pa­ra as­si­nar um acor­do de co­o­pe­ra­ção e fa­ci­li­ta­ção de in­ves­ti­men­tos pa­ra re­du­zir a bu­ro­cra­cia e ofe­re­cer pro­te­ção ju­rí­di­ca aos em­pre­sá­ri­os. Na sequên­cia, os dois re­ce­be­rão em­pre­sá­ri­os dos dois paí­ses - do la­do bra­si­lei­ro, es­ta­rão re­pre­sen­tan­tes da Va­le, da Mar­co­po­lo e de em­pre­sas de softwa­res e de en­ge­nha­ria elé­tri­ca e au­to­ma­ção.

Mi­chel Te­mer an­tes de jan­tar com lí­de­res dos Brics, Xi Jing­ping (Chi­na), Vla­di­mir Pu­tin (Rús­sia), Na­ren­dra Mo­di (Ín­dia) e Ja­cob Zu­ma (Áfri­ca do Sul)

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.