STJD vai abrir pro­ce­di­men­to pra in­ves­ti­gar po­lê­mi­co gol no Fla-Flu

Correio da Bahia - - Esporte -

Com dois gols de Je­an, o Pal­mei­ras ven­ceu o Fi­guei­ren­se por 2x1, em Flo­ri­a­nó­po­lis, on­tem, e au­men­tou a sua van­ta­gem na li­de­ran­ça do Cam­pe­o­na­to Bra­si­lei­ro. Com a vi­tó­ria, a equi­pe al­vi­ver­de che­gou aos 64 pon­tos e ago­ra tem qua­tro pon­tos a mais que o vi­ce-lí­der Fla­men­go. A equi­pe ca­ri­o­ca foi der­ro­ta­da por 2x1 pe­lo In­ter­na­ci­o­nal, no Beira-Rio, e so­ma 60 pon­tos.

O re­sul­ta­do dá mais tran­qui­li­da­de na re­ta fi­nal do cam­pe­o­na­to pa­ra a equi­pe do téc­ni­co Cuca, que na quin­ta pas­sa­da em­pa­tou sem gols com o Cru­zei­ro e per­mi­tiu uma apro­xi­ma­ção fla­men­guis­ta na dis­pu­ta pela pon­ta. Pal­mei­ras e Fla­men­go ain­da dis­pu­tam 21 pon­tos.

O Pal­mei­ras vol­ta a cam­po pe­lo Bra­si­lei­ro no pró­xi­mo do­min­go, con­tra o Sport, fo­ra de ca­sa. An­tes, nes­sa quar­ta-fei­ra, a equi­pe al­vi­ver­de ten­ta re­ver­ter des­van­ta­gem na Co­pa do Bra­sil. A equi­pe per­deu o jo­go de ida das quar­tas de fi­nal pa­ra o Grê­mio por 2x1, em Porto Ale­gre, e pre­ci­sa ven­cer pa­ra avan­çar. No do­min­go, pela Sé­rie A, o Fi­guei­ra visita o Ga­lo. In­de­pen­den­te­men­te se o Flu­mi­nen­se vai ou não en­trar com ação, o pro­cu­ra­dor-ge­ral do Su­pe­ri­or Tri­bu­nal de Jus­ti­ça Des­por­ti­va (STJD), Fe­li­pe Be­vi­lac­qua, abri­rá pro­ce­di­men­to pa­ra es­cla­re­cer os diá­lo­gos ocor­ri­dos en­tre o ár­bi­tro San­dro Mei­ra Ric­ci e o ins­pe­tor de ar­bi­tra­gem do clás­si­co com o Fla­men­go. A in­for­ma­ção é do si­te da ESPN.

A in­ten­ção do pro­cu­ra­dor é apu­rar se hou­ve in­ter­fe­rên­cia ex­ter­na na de­ci­são da ar­bi­tra­gem de anu­lar, por im­pe­di­men­to, gol do za­guei­ro tri­co­lor Hen­ri­que. O Fla-Flu de quin­ta-fei­ra pas­sa­da, em Vol­ta Re­don­da, ter­mi­nou com vi­tó­ria ru­bro-ne­gra por 2x1. “Não res­ta dú­vi­da de que al­guém fa­lou pa­ra o ár­bi­tro. Mas tem que ser mui­to bem ana­li­sa­do. É di­fí­cil pro­var que o ár­bi­tro de­ci­diu al­go com es­sa in­ter­fe­rên­cia. Pa­ra se mu­dar, não po­de ha­ver dú­vi­da”, afir­mou o pro­cu­ra­dor à ESPN.

A de­ci­são do pro­cu­ra­dor foi mo­ti­va­da pela re­por­ta­gem da TV Glo­bo, que mos­trou, atra­vés de lei­tu­ra la­bi­al, que o ins­pe­tor de ar­bi­tra­gem Sér­gio San­tos aler­tou o ár­bi­tro San­dro Mei­ra Ric­ci de que a TV já mos­tra­va que Hen­ri­que es­ta­va, de fa­to, im­pe­di­do e que, por­tan­to, o gol do Flu­mi­nen­se ti­nha si­do ir­re­gu­lar. “A TV sa­be que não foi gol”, dis­se San­tos a Ric­ci.

Newspapers in Portuguese

Newspapers from Brazil

© PressReader. All rights reserved.